No YouTube desde 2013, Kleber Tanide chegou à 1 milhão de inscritos em seu canal de paródia de desenhos, o CarneMoidaTV, mesmo com alguns problemas que quase o fizeram perder o canal há dois meses. “O YouTube mudou as regras recentemente. Então eles começaram a dar strike em vídeos antigos meus. Tomei dois e tive que deixar meus vídeos privados porque eu podia perder o canal a qualquer momento. Ao punir os vídeos anteriores, eu não tinha mais controle de qual ainda era permitido”, contou o youtuber. Ele ficou aproximadamente 20 dias sem postar vídeos novos, e, para piorar, não teve tempo de explicar o porquê. Muitos pensaram que o canal tinha sido excluído, o que causou alguns problemas para o youtuber voltar. A partir de então, ele começou a tomar mais cuidado, "estou me policiando com as piadas, para saber qual é o limite que eu posso chegar, mas fazendo o possível para não perder a essência do canal. Tive que me adaptar um pouquinho”, explica o influenciador. Passados os transtornos, o Carne Moida voltou a crescer e chegou à expressiva marca de 1 milhão de inscritos. Tanide recebeu 450 vídeos o parabenizando pelo feito e selecionou alguns. Veja o vídeo completo, que conta com declarações de nomes famosos do YouTube e da televisão, como o humorista e apresentador Danilo Gentili:

Desde 2014, o influenciador passou a se dedicar integralmente ao YouTube, quando começou a monetizar com a plataforma. Toda essa dedicação é necessária, já que a cada vídeo de aproximadamente três minutos, ele leva em torno de uma semana para realizá-lo, desde o roteiro,  até o design e os desenhos. O único momento em que ele precisa de ajuda é com as vozes, contando com o apoio de alguns dubladores. "É bem trabalhoso, tem que ser maluco para fazer isso no YouTube”, brincou. As ideias de vídeos surgem a partir de desenhos que ele assiste. "Geralmente são coisas que eu gosto e, enquanto assisto, fico viajando e inventando como seria bizarro se tal situação acontecesse naquele desenho", revelou. Os carniceiros, como o youtuber chama o seu público, em alguns momentos sugerem temas para vídeos futuros e, quando o mesmo assunto se repete muitas vezes nos comentários do YouTube ou nas outras redes sociais, como Twitter e Facebook, o influenciador aceita as ideias, mas sempre com um roteiro 100% original, marca registrada do canal.

Victor Russo

Tenho 22 anos e sou formado em jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sou criador de conteúdo da influu e cubro os eventos da empresa. Amo cinema e tenho um canal no YouTube, chamado 16mm, sobre o tema. Além disso, tenho um podcast sobre NFL chamado Goatopolis.