Empreendedores ambiciosos e motivados tendem a querer pular o processo criativo lento e ir direto às táticas prontas de sucesso. Há uma procura por truques e dicas para avançar com a carreira. No fim das contas, seu trabalho é o que realmente importa. 

Ninguém que persegue uma carreira artística quer ouvir que seu trabalho não é bom o suficiente. Uma das principais causas para essa situação é a transformação econômica pela qual a indústria criativa passou nos últimos 20 anos.

Antigamente, haviam editores, comerciantes, investidores, gerentes de gravadoras que lidavam com a maior parte do lado comercial. Mas, cada vez mais, a relevância desses parceiros diminui.

O artista não pode ser apenas um artista. No seu trabalho, ele precisa saber lidar com tudo, do upload do vídeo no YouTube a descobrir como obter mais seguidores nas plataformas. O artista tem muito mais visibilidade sobre seus ganhos e distribuição do que nunca.

Com isso vem mais alavancagem. Mas a consequência não intencional de total controle de marca e negócios é o que desvia a atenção da parte mais essencial de qualquer profissão: a criatividade.

Leia também: Conheça 5 exercícios que ajudam a elevar sua criatividade

Foque no criativo do seu trabalho

É difícil criar e fazer coisas legais em circunstâncias ideais. E ainda mais difícil quando você está tweetando ou vendo o stories do Instagram.

O trabalho de um artista é criar obras de arte. Para Phil Libin, fundador do Evernote, "pessoas que estão pensando em outras coisas além de fazer o melhor produto, nunca vão fazer o melhor produto".

Se você deixar de praticar por um segundo, se deixar a mente ocupada por coisas banais e permitir que ela desloque para outro lugar, perderá a habilidade de criatividade. Suas ideias vão parar de se conectar.

No exemplo da produção de vídeos, é tudo sobre uma conexão consistente. Conexão com o público, consigo mesmo, com algo que vai para a essência da experiência humana. Isso é tudo arte e comércio.

O trabalho é, então, manter uma empresa perfeitamente alinhada com as necessidades do mercado. Escrever um artigo que toque em alguma verdade sobre o mundo. Ou gravar um vídeo que vai criar uma perspectiva humana.

O resumo do trabalho é selecionar e conectar. É preciso esquecer as preocupações terciárias e parar de mexer em coisas que não importam.

Leia também: Como separar as tarefas urgentes e importantes para organização

FONTE Sobre nós A influu é o ecossistema feito para influenciadores digitais. Com foco na monetização e profissionalização dos novos formadores de opinião, a empresa se divide em três áreas: criação de conteúdo para o blog, redes sociais e YouTube, realização periódica de eventos por todo Brasil e mediação entre influenciadores e marcas para campanhas de marketing.

Para entrar em contrato, mande um e-mail para [email protected]

Guilherme Pin

Jornalista, aspirante a crítico e roteirista de filmes, youtuber nas horas vagas e o Chandler M. Bing da roda de amigos.