Como criar um canal e fazê-lo bombar? Como fazer um vídeo atrativo? Essas são algumas das perguntas que surgem na cabeça de um youtuber iniciante, que deseja se tornar um influenciador digital e ainda ganhar dinheiro com isso. Em função disso, esse post servirá como um manual com dicas para quem quer começar na área. O tutorial conta com o aconselhamento de Andrei Bedene, criador do canal “Você não sabia?”, que aborda curiosidades de filmes, séries e programas de televisão. Com cinco anos de existência na plataforma, o canal possui mais de um milhão de inscritos.   Passo 1: O Tema O primeiro passo para que o canal de Youtube seja bem-sucedido é a produção de um conteúdo especializado. O tema é o foco dos vídeos e sua escolha é estritamente pessoal. É necessário considerar assuntos que você tenha certo domínio e prazer em abordar, mas que também seja algo novo. Liste temas que você tenha afinidade, seus hobbies e interesses. Procure por canais que discutam sobre as mesmas ideias, descartando assuntos que já estão batidos. Você não quer ser só mais um, certo? Definir o tema não é tarefa fácil ou rápida, sendo comum que ao longo dos vídeos ocorra a troca de assunto do canal.  A escolha é um processo de autoconhecimento e a ideia pode acabar amadurecendo. “O tema é um brainstorm. Converse com amigos, busque ideias [...]. Inicialmente, meu canal era sobre os bastidores de filmes, séries e desenhos”, explica Bedene, que hoje expõe curiosidades sobre o mesmo tema. “Antes mesmo de definir os conteúdos do canal, é necessário que a pessoa se conheça e saiba quais são seus pontos fortes e fracos. Sei que não sou um cara engraçado, então não adianta fazer um canal de humor ou de stand up, por exemplo”.   Passo 2: Roteiro O improviso é um talento que nem todos têm. Se você não foi agraciado pela habilidade de simplesmente ligar a câmera e discorrer sobre diversos assuntos sem roteirização, como os youtubers Talita Lombardi (Canal Menina Executiva), JoutJout (Canal JoutJout Prazer) e Guilherme Pintto (Canal Guilherme Pintto), então precisará organizar as ideias no papel. Para isso, é necessário pesquisa. Como futuro influenciador, você precisa mostrar que entende do assunto. Em seguida, abra a página do Word e escreva o que planeja falar, do seu jeito: Em tópicos, falas, frases, etc. Estabelecer o que será falado no vídeo faz com que você corte o que é desnecessário ou redundante. Bedene hoje conta com um equipe própria que inclui um roteirista, mas nem sempre foi assim: “Meus vídeos têm muita informação em pouco tempo. Alguns [vídeos] de meia hora tinham 40 páginas de pesquisa e, de alguma forma, eu resumi para 10 páginas, ficando mais didático e interessante. O grande desafio é prender a atenção do espectador. É uma coisa que você só aprende com o tempo”. Além das pesquisas, é bacana ouvir o que as pessoas têm a dizer a respeito do tema. Se o seu canal aborda questões polêmicas, por exemplo, ouça amigos com opiniões diferentes. O importante é que o vídeo tenha conteúdo relevante e agregue de alguma forma quem o assista.   Passo 3: Equipamento e Iluminação Há canais que carecem de boa edição de vídeos e equipamentos e mesmo assim fazem sucesso, mas são exceções. Estude um pouco sobre iluminação e áudio. Grave perto de janelas e aproveite a luz do sol. Crie ou procure cenários que encaixem com seu tema. Baixe e aprenda a usar algum editor de vídeos. De início não é necessário gastar tanto com o canal. Uma boa câmera de celular e um ambiente silencioso podem resolver seus problemas. “Tem que ter a consciência de que vai ter que estudar. É como abrir uma empresa: O primeiro ano é o ano do investimento”, avisa Bedene.   Passo 4: O Público Quem será o seu público-alvo? É importante voltar seu conteúdo para o perfil que você deseja atingir. São para jovens ou pessoas mais velhas? Homens, mulheres ou ambos? Pertencem a que classe social? Adeque o vocabulário e os assuntos de acordo com seu o público-alvo e, no futuro, entenda quais tópicos de discussão os agradam mais. Lembre-se: Se quer ser um sucesso, o canal deverá ser para o público, não para você. Passo 5: Título e Capa Foto de capa do youtuber Héber Simeoni[/caption] A estética do canal serve como cartão de boas-vindas, é a primeira coisa que os novos seguidores irão notar. Reflita em um nome que melhor resuma o conteúdo do canal, capriche nos títulos dos vídeos, na capa da página principal e aprenda a fazer capas de vídeos no Photoshop. Bedene observa que “não adianta ter o melhor vídeo e o melhor conteúdo se você não tiver uma boa capa e bom título”. Ah, não se esqueça de criar tags específicas e descritivas para que seu vídeo possa ser encontrado no Youtube!   Passo 6: Insista Desde pesquisas sobre Youtube, incluindo a criação de identidade do canal até testes de vídeos, demorou quase um ano para que Andrei Bedene lançasse o primeiro vídeo oficial do canal. O segredo para o sucesso de Andrei é a insistência. Então, arrisque-se e se precisar, refaça os vídeos quantas vezes forem necessárias.
Fernanda Campos

Fernanda Campos Almeida tem 23 e é graduada em jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Atua como criadora de conteúdo, assessora de imprensa e fotógrafa na influu.