Como eu já citei no último texto sobre marketing de influência, é obrigatório deixar claro para o seu público quando um conteúdo é patrocinado. Por isso, o foco desse texto será as formas que o YouTube e o Instagram encontraram de facilitar a vida de seu influenciador. Por isso, surgiram duas ferramentas obrigatórias para todos os youtubers e instagrammers. No YouTube, quando há alguma publicidade no vídeo, o influenciador deve ativar o "contém promoção paga". Ele aparecerá no canto esquerdo inferior da tela na hora que o vídeo começar a rolar. Já no Instagram, a solução é colocar "#publipost" na legenda da foto. Essas duas práticas serão uma forma de explicitar para o público que você está recebendo para anunciar o produto. Como eu já disse no outro texto, é obrigatório falar quando há publicidade nos posts. Fazer campanha de marketing de influência tentando esconder que aquilo está sendo pago é contra as regras das plataformas. Sem contar que fazer propaganda velada é um tiro no pé. Porque o público sabe que você está sendo pago para falar daquela marca. E não há nada que incomoda mais os usuários do que influenciadores que tentam enganá-los.

Fale que é publicidade!

Além dessas ferramentas do Instagram e do YouTube, eu sou a favor dos influenciadores que explicitam que determinado conteúdo é patrocinado. O mais legal é quando além de uma divulgação forçada, eles conseguem trazer diversão e autenticidade. Um exemplo que eu gosto muito é o do Gaveta. Ele chama de "Momento Jabá" quando vai fazer uma propaganda sobre algum produto. Dessa forma, ele traz humor para a publicidade e a torna mais legal de ser assistida.

Victor Russo

Tenho 22 anos e sou formado em jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sou criador de conteúdo da influu e cubro os eventos da empresa. Amo cinema e tenho um canal no YouTube, chamado 16mm, sobre o tema. Além disso, tenho um podcast sobre NFL chamado Goatopolis.