Estamos em 2019 e toda grande rede social possui seu próprio stories. Menos o Twitter. Pelo menos, até agora. Isso porque na última semana, a pesquisadora Jane Manchun Wong revelou que a rede estaria desenvolvendo sua própria ferramenta para os usuários. 

Apesar da ferramenta não ser tão popular em aplicativos como WhatsApp e Facebook, sendo muito maior no Instagram, muitos usuários se perguntavam quando ela chegaria ao Twitter. De acordo com o que Jane postou em sua conta, a rede estaria em desenvolvendo algo do que é chamado de News Camera

A ideia é que, ao deslizar a tela para a esquerda, será possível criar um registro fotográfico com edição de textos e filtros. A ferramenta, possibilitará também fazer transmissões ao vivos. As publicações, então, seriam concentradas na aba Moments, presente hoje na rede com a função de reunir os principais destaques da rede, apenas na versão desktop

E essa não é a primeira vez que foi "vazado" sobre a ferramenta estar presente no Twitter. No início do mês, Matt Navarra, consultor de social media, havia encontrado esse recurso e chegou a testar. Pelo vídeo, é possível observar que o recurso funcionará da mesma maneira que nas outras redes.

Porém, haverão algumas novidades. O consultor disse que há vantagens, como modo escuro, mensagens diretas encriptadas, modo noturno automático e maneira de alterar o botão de composição. No sistema iOS, Navarra viu um menu lateral, que possui formas de reagir utilizando GIFs e outros elementos

Leia também: Conheça dicas fundamentais de como usar memes corretamente

No entanto, ainda não há uma data de lançamento confirmada. Apenas de que o News Camera está sendo desenvolvido. "Posso confirmar que estamos trabalhando em uma maneira mais fácil de compartilhar coisas como imagens e vídeos no Twitter", afirmou um porta-voz da empresa.

Por que um stories? 

É inevitável dizer que a ferramenta do stories se demonstra popular apenas no Instagram. Isso gera a pergunta do porquê o Twitter apostar em algo não tão funcional em outras grandes redes. 

Bem, essa é uma questão até que fácil de responder. Há anos o Twitter vem passando por estabilidade no número de usuários. O que por um lado é bom por não haver desistência da rede, porém, não há novos usuários surgindo. E o stories, por ter esse apelo púbico graças ao Instagram, é uma oportunidade de conseguir novas pessoas na rede. 

No texto sobre o stories ser a criação mais inteligente do Instagram, comentamos sobre a visão do CEO da rede social de fotos, Kevin Systrom. De acordo com ele, as pessoas querem compartilhar muito mais além do que fica no feed. Com isso, não querem que esse conteúdo fique pendurado na "parede" da galeria. 

Nisso, o stories no Twitter pode se mostrar muito funcional. Redes como o Facebook ou o WhatsApp, que possuem a ferramenta, não funcionam da mesma maneira que o Instagram, que possui muito do visual e de mostrar o que está sendo feito pelos usuários. E essa é uma das vertentes do Twitter. Apesar da falta do visual, o feed é composto por muitas discussões do momento. 

Com isso, o News Camera funcionaria de maneira certa na rede.  

O passado da relação entre Twitter e stories 

Enquanto todas as outras redes traziam seus fundamentos próprios, o Twitter fugia disso. A rede sempre manteve o olhar no que acontece fora da rede. Muito disso se desenvolveu com o conceito de ser uma "rede de interesses em que as pessoas se conectam para descobrir e acompanhar conversas interessantes fora dos seus círculos".

Há o fato também do Twitter ter se tornado uma rede de divulgação para grandes nomes, incluindo presidentes, políticos influentes, atletas, celebridades, entre outros. Além de usuários que a utilizam como uma forma de se expressar e saber o que está acontecendo no mundo. Utilizando-a também como uma espécie de termômetro para acontecimentos

E a vantagem vista na época era a extensão da discussão, enquanto um stories durariam apenas 24 horas. Tanto que, em 2016, a empresa foi questionada pelos usuários sobre uma possível ferramenta parecida com o stories. Na época, o Twitter respondeu que "segue focando na relevância da timeline e nas notificações".

É, parece que o jogo virou, não é mesmo?

Leia também: Aprenda como aumentar o engajamento com emojis no Twitter

FONTES

1 2

Guilherme Pin

Jornalista, aspirante a crítico e roteirista de filmes, youtuber nas horas vagas e o Chandler M. Bing da roda de amigos.