É possível fazer bons vídeos sem edição, porém não é recomendado. Esse recurso é fundamental para dar ritmo ao conteúdo e torná-lo mais atrativo. Antes de qualquer coisa, é bom definir o que é edição e quais elementos são necessários nela para melhorar a qualidade do vídeo.

Edição e montagem

No cinema, temos a diferenciação entre montagem e edição. Na verdade, esses dois elementos se complementam. Já no YouTube, a gente costuma chamar tudo de edição e, de certa forma, isso está correto. A montagem é a seleção das cenas (takes em uma mesma locação) que vão ser usadas em um filme, enquanto a edição é como essas cenas serão usadas (quais trechos da cena, os cortes que serão feitos etc). Como os youtubers costuma gravar em um único local, seria apenas uma cena, ou seja, o termo edição estaria certo. Porém, para facilitar e diferenciar os elementos de edição, vou chamar de "montagem no YouTube" os takes que falam de diferentes temas dentro de um mesmo vídeo e de edição os cortes, música de fundo, efeitos sonoros, entre outros.

Editar ou não?

A edição permitirá que você pegue esses trechos que separou na montagem e julgue quais são relevantes. Depois disso, você conseguirá fazer cortes. Por exemplo, tirar respiros que deixam o vídeo mais devagar ou aqueles momentos que esquece de algum tópico. Pense que os momentos de escape (todas as pausas no meio da gravação: parar para respirar, ler o roteiro ou beber água) são barreiras para o entendimento do conteúdo. Ou seja, momentos em que você não está passando informação para o público. Gravar sem edição não permitirá a exclusão desses momentos. Com isso, o vídeo ficará mais inchado e chato do que poderia. Além de que, a edição te dá mais liberdade de fazer o conteúdo com calma, já que você não precisa gravar tudo direto e sem respirar. Então pense nela como o ritmo dinâmico do vídeo. Esse é o ponto principal da edição. Música de fundo, inserts e elementos sonoros são um algo a mais. Tê-los é ótimo, mas não fundamental.

Como gravar um bom vídeo sem edição?

Caso não saiba editar, não tenha tempo para isso ou simplesmente não ache necessário, há a possibilidade de produzir um bom conteúdo sem cortes. Só que, há alguns pré-requisitos. Lembre que o seu vídeo tem que fluir quase que sem pausa. Você só conseguirá isso se tiver facilidade de falar sequencialmente e se tiver boa memória para não esquecer dos temas que deseja abordar no vídeo. E, claro, é fundamental a criação de um roteiro que trace os principais pontos do conteúdo. Sem contar que, tudo deve estar preparado antes do vídeo. Não pode nem começar a filmagem com sede ou vontade de ir ao banheiro.

Canal que consegue gravar sem corte

Como grande consumidor de canais de cinema, logo me vem a mente o Pablo Villaça. Considerado por muitos como o melhor crítico de cinema do Brasil, ele é criador do site Cinema em Cena e do canal com seu nome. Com foco maior no escrito, ele grava críticas sem edição. Antes, não se preocupava muito com a parte visual também, mas isso não vem ao caso. Apesar de não ser uma conta com tantos inscritos (quase 50 mil), o conteúdo é de qualidade e bem relevante dentro do nicho. Ele é um dos poucos que consegue gravar sem cortes, mas isso se deve principalmente ao fato de estar acostumado a falar sobre cinema sem pausas (tem um curso sobre o tema) e a facilidade que ele tem de fazer comentários sobre filmes. Graças a isso, os seus vídeos ficam naturais e com qualidade. Nesse caso, a edição não é necessária. Porém, são poucas as pessoas que conseguem ter tal habilidade.   Sobre nós A influu é o ecossistema feito para influenciadores digitais. Com foco na monetização e profissionalização dos novos formadores de opinião, a empresa se divide em três áreas: criação de conteúdo para o blog, redes sociais e YouTube, realização periódica de eventos por todo Brasil e mediação entre influenciadores e marcas para campanhas de marketing.

Para entrar em contrato, mande um e-mail para [email protected]

Victor Russo

Tenho 22 anos e sou formado em jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sou criador de conteúdo da influu e cubro os eventos da empresa. Amo cinema e tenho um canal no YouTube, chamado 16mm, sobre o tema. Além disso, tenho um podcast sobre NFL chamado Goatopolis.