Dentre muitos famosos com conta no Instagram, Alexandria Ocasio-Cortez é mais uma utilizando os stories para dar aos seguidores a oportunidade de mostrar sua vida. Porém, a política e ativista americana está tornando a vida de muitos mais acessível. E de forma sutil. Isso porque, em muitos de seus stories, aparece uma faixa rosa com sua fala legendada. Essa legenda é resultado do uso do aplicativo Clipomatic. Que possui o objetivo de tornar esses stories e conteúdos de grandes influenciadores em algo mais acessível para quem possui deficiência auditiva. Alexandria diretamente recomenda o uso do app. E ela não é a única entre os famosos a usar a ferramenta. O apresentador Karamo Brown, do reality Queer Eye, também fez um post sobre o assunto. "Estou fazendo uma mudança comigo mesmo", retratou em um vídeo. Na sua maioria, os vídeos contam com a excelente audição dos espectadores. Por isso, em 2017, a comediante e advogada Jessica Marie Flores - também deficiente auditiva - fez um vídeo usando linguagem de sinais para mostrar como o Instagram e outras mídias podem ser frustrantes. Principalmente, para as muitas pessoas surdas ou com deficiência auditiva. Devido a falta de legenda. Leia também: 4 aplicativos que ensinam sobre consciência cultural e sensibilidade

Na busca de ser mais acessível

Há o problema que os aplicativos que facilitam a gravação de um vídeo curto não facilitam a arte de legendar. No entanto, há aplicativos que fazem isso por você, como é o caso do Clipomatic. O app foi lançado há um ano e luta para o Instagram ser mais acessível. Porém, seria muito mais fácil se fosse diretamente feito na plataforma, ao invés de algo que as pessoas precisam saber sobre, procurar e ainda pagar por isso. Legendas ocultas são onipresentes na TV e nos filmes americanos porque a Federal Communications Commission (Comissão Federal de Comunicações) exigiu que todas as transmissões tivessem legendas. No entanto, à medida que a mídia muda para distribuidores menores, não há incentivo desse tipo de ação. E atualmente, muitos começam o dia acessando stories antes de ver qualquer coisa na televisão. O YouTube, por sua vez, está um passo a frente nesse ponto, dando a opção de legendas automáticas. Mas ainda há seus problemas de reconhecimento de voz. Contudo, o Instagram nem suporta a capacidade de ativar ou desativar legendas de terceiros. Isso exige que os criadores de conteúdo optem por legendas para todos. Ou para ninguém. Ou seja, significa ainda mais trabalho para criadores que desejam criar um conteúdo mais acessível. O reconhecimento de voz do Clipomatic passa por problemas que outros programas também passam. Que, no caso, é a fala. O aplicativo funciona muito bem se você fala devagar. No entanto, ao falar rápido, é preciso editar minuciosamente palavras individuais em uma tela separada do vídeo.

Legendas para inclusão

Esse processo de falar mais devagar para a ferramenta funcionar bem não harmoniza exatamente com o fluxo de conversas informais. Como são os stories do Instagram. Talvez seja por isso que usar legendas no Instagram não seja tão comum. Acessibilidade é algo em que o Instagram está trabalhando, ainda que lentamente. Recentemente, foi adicionado o texto alternativo, gerado automaticamente por reconhecimento de objetos. Esse tipo de ferramenta torna a plataforma mais acessível para deficientes visuais, que podem ouvir as descrições das fotos em seus feeds. "Estamos sempre procurando maneiras de melhorar a acessibilidade do Instagram. E continuar a repetir a experiência para nossa comunidade global", disse um porta-voz do app. Porém, ainda não há nenhum plano concreto para adicionar legendas. Como outros diversos ajustes de design que tornam o mundo melhor para os deficientes, as legendas tornariam o acesso ao Instagram mais fácil para todos. E sem prejudicar aqueles que já consomem a plataforma. Até porque as legendas geradas através do Clipomatic não atrapalham. Aliás, até facilitariam bastante em situações em que você não pode ativar o som do stories devido ao ambiente ou situação, por exemplo. Além de fornecer uma variação visual significativa. Com diversas fontes, incluindo filtros que remetem a histórias em quadrinhos, por exemplo.

FONTE

Sobre nós A influu é o ecossistema feito para influenciadores digitais. Com foco na monetização e profissionalização dos novos formadores de opinião, a empresa se divide em três áreas: criação de conteúdo para o blog, redes sociais e YouTube, realização periódica de eventos por todo Brasil e mediação entre influenciadores e marcas para campanhas de marketing. Para entrar em contrato, mande um e-mail para [email protected]
Guilherme Pin

Jornalista, aspirante a crítico e roteirista de filmes, youtuber nas horas vagas e o Chandler M. Bing da roda de amigos.