É praticamente impossível pensar viver sem internet. Sabemos disso quando surtamos caso ficarmos dez minutos sem qualquer sinal. E é inevitável também dizer que a internet no Brasil não ajuda. Além de cara, não agrada aos usuários, inclusive dentro de casa com seu roteador. No entanto a TP-Link pode mudar esse cenário. 

Leia também: 5G: saiba tudo sobre a tecnologia que vai mudar 2019

Isso porque a empresa anunciou o Deco M4, um novo modelo de roteador com tecnologia Wi-Fi Mesh, que deixa a distribuição do sinal mais fluída pelo ambiente. Segundo informações da empresa, o kit de três unidade será capaz de cobrir uma área de pouco mais de 500m². O dispositivo traz duas antenas internas, além de portar Ethernet Gigabait, dando a capacidade de ser ainda mais rápida. 

O aparelho também porta velocidades que alcançam 300 Mb/s em redes de 2.4 GHz (Giga-Hertz) ou 867 Mb/s na frequência de 5 GHz. De acordo com a fabricante, o dispostivo também pode ser controlado por meio de comando de voz, com suporte à assistente virtual da Amazon, a Alexa

O roteador oferece um pacote de recursos parecido com o Deco M5. Entre os recursos estão o QoS (Qualidade de Serviço), controle parental e configurações através do aplicativo Tether. Mesmo com duas antenas a menos, o alcance prometido é o mesmo da versão M5. No entanto, a velocidade é menor, já que o M5 alcança 400 Mb/s em redes de 2.4 GHz

Apesar dessas semelhanças, o design dos dois muda totalmente. Além de maiores, os novos modelos possuem um formato de torre.

Wi-fi Mesh 

Apesar de toda essa análise em relação aos dois modelos, o M4 traz o já citado Wi-fi Mesh. E é justamente ele que faz a diferença. Como explicado, a tecnologia tende a deixar as conexões mais fluídas, isso porque ela cobre uma área maior, com a mesma conexão wireless, sem a ajuda de repetidores. 

Cada unidade do roteador trabalha em conjunto para manter a qualidade do sinal sem deixar a conexão cair, mesmo que o usuário se movimente pela casa. Pelo fato de terem vários nós na rede, o sinal também tem mais desenvoltura para driblar obstáculos, mantendo a internet com uma melhor qualidade em comparação com o roteador tradicional. 

Aparelhos desse modelo também costumam ser mais inteligentes. Isso porque eles exigem um software mais especial, que fica responsável por gerenciar a conexão. Portanto, eles são mais fáceis de configurar e também oferecem segurança aprimorada com firmware atualizado frequentemente. 

Por sua vez, temos o preço. Pelas características da tecnologia, um roteador de Wi-Fi Mesh custa mais caro que o modelo tradicional. Um exemplo está no próprio M5, que hoje pode ser encontrado no Brasil por volta de R$1.200. Uma outra opção é o Cosmo AC1200, da Multilaser, vendido por R$489

No momento, o Deco M4 está sendo vendido apenas nos Estados Unidos, ainda sem previsão de chegar ao mercado brasileiro. 

Leia também: Conheça as principais futuras tendências da Internet das Coisas

FONTE

 

Guilherme Pin

Jornalista, aspirante a crítico e roteirista de filmes, youtuber nas horas vagas e o Chandler M. Bing da roda de amigos.