É muito complicado competir com canais maiores. Os youtubers com milhões de inscritos já contam com um público formado e engajado que vai acompanhá-lo em todos os vídeos. Enquanto os pequenos buscam soluções para aparecer no topo das buscas. Mas como fazer as pessoas te conhecerem e clicarem nos seu vídeos? A melhor maneira é sem dúvida ficar listado entre os primeiros na pesquisa do tema. Hoje em dia, os canais não crescem mais de um dia para o outro com apenas um vídeo que bombou. Para ser um youtuber com muitos inscritos é necessário tempo e dedicação, pois isso só virá a partir de uma lenta construção de público. Por isso, tenha em mente que o objetivo é sempre atrair público novo a cada vídeo. Não precisam ser milhares de pessoas a cada conteúdo. Que sejam cinco usuários por vez. Se conseguir fazer isso, significa que alguma coisa certa você está fazendo, já que as pessoas estão chegando ao seu vídeo. Mas como essas pessoas estão te encontrando? Provavelmente pelo uso das tags. Essa é palavra quando o objetivo é fazer as pessoas encontrarem o seu vídeo. Usar as tags certas é a maneira mais eficiente de tentar competir com canais maiores. A hashtag faz parte dos chamados metadados ao lado do título e da descrição. Mas dos três, ela é opção menos complicada de se destacar. Os títulos são importantes também na divulgação de um vídeo, mas provavelmente canais maiores usaram títulos semelhantes aos seus. E se isso acontecer, eles levarão vantagem por terem mais visualizações (o público deles chega ao vídeo por notificação ou acessando direto o canal, não necessariamente pela busca). Já a descrição tem o menor poder de divulgação dos metadados. Isso sem contar que criar um texto coeso utilizando as palavras-chave e que faça sentido com o conteúdo do vídeo não é tarefa fácil. Outra vantagem das tags é que muitos canais grandes não sabem utilizar esse recurso da melhor forma possível.

Mas como fazer boas tags?

Coloque-se no lugar de uma pessoa que está procurando aquele conteúdo que você está oferecendo. O que você digitaria na busca se fosse você no lugar dela? Essa é a lógica simples da tag. Use sempre uma frase e não apenas palavras soltas. A partir de uma frase que especifica o seu conteúdo, crie outras com pequenas mudanças, mas que não fuja do assunto. Por exemplo, se você está fazendo um vídeo sobre a receita de uma torta de limão. A melhor tag seria "como fazer uma torta de limão". E dela surgiriam outras como "como fazer uma torta", "como fazer torta de limão rápido", "receita torta de limão", etc.  

O que fazer além das palavras-chave?

De nada adianta o seu vídeo aparecer entre os primeiros na busca se ele não atrair as pessoas para clicar. É aí que o título e, principalmente, a thumbnail entram. Eles vão ser os atrativos para usuários que não te conhecem sintam vontade de ver o seu vídeo. A segunda opção é criar conteúdos ou formatos que os canais concorrentes ainda não fizeram. O problema é que a plataforma tem milhares de pessoas em cada nicho, o que torna quase impossível criar algo inovador. Se você tiver criatividade para isso, provavelmente seu canal fará muito sucesso. Caso contrário, aposte no bom conteúdo e utilize as tags corretamente.   Sobre nós A influu é o ecossistema feito para influenciadores digitais. Com foco na monetização e profissionalização dos novos formadores de opinião, a empresa se divide em três áreas: criação de conteúdo para o blog, redes sociais e YouTube, realização periódica de eventos por todo Brasil e mediação entre influenciadores e marcas para campanhas de marketing.

Para entrar em contrato, mande um e-mail para [email protected]

Victor Russo

Tenho 22 anos e sou formado em jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sou criador de conteúdo da influu e cubro os eventos da empresa. Amo cinema e tenho um canal no YouTube, chamado 16mm, sobre o tema. Além disso, tenho um podcast sobre NFL chamado Goatopolis.