Atualmente, o WhatsApp é, disparado, o aplicativo mais popular quando o assunto é troca de mensagens instantâneas. Porém, isso não significa que ele seja o único ou o mais apropriado. Ainda mais depois de diversas instabilidades que ele sofreu por questão judiciais. Por isso, muitas desenvolvedoras já lançaram apps alternativos. 

Leia também: WhatsApp: como sua influência está guiando as informações?

E muitos deles com recursos e funções similares. Alguns até com adicionais. 

Por mais que amigos e familiares estejam enviando memes e correntes através do "zap", não custa conhecer alternativas e garantir melhores comunicações com seus contatos. Então, conheça agora as melhores alternativas com funcionalidades tão interessantes quanto a do próprio WhatsApp. 

Telegram 

Disparado, o Telegram é a primeira alternativa que vem em mente quando acontece alguma coisa com o WhatsApp. Além de também ser gratuito, ele é uma boa opção de substituto, já que, além de possuir uma interface moderna, oferece funções parecidas, como bons recursos para conversas em texto e imagens. 

O app permite a formação de grupos de conversa, porém, para até mil pessoas, muito além da limitação do WhatsApp. O Telegram também fornece opções especiais de segurança - com criptografia avançada - e de privacidade, já que ele dá a opção de você ficar online para quem você quiser. 

O app também é compatível com todos os sistemas de celular. 

Hangouts 

Com o tempo, o programa de mensagens do Google evoluiu, e hoje, consegue funcionar como uma opção tanto para mandar mensagens, quanto para chamadas de vídeos. Ele funciona como um ótimo substituto, principalmente, para quem utiliza bastante os serviços da empresa, já que o app funciona através da sua conta. 

Nesse caso, todos os seus contatos do Google podem ser contatados a partir do Hangouts, o que funcionaria perfeitamente para uma gravação ou uma reunião, por exemplo, sem precisar fazer o download de aplicativos terceiros. 

Skype 

Falando em aplicativos terceiros, o Skype é o mais chamativo entre eles. Apesar de ser reconhecido apenas para chamadas em vídeo, também funciona para mensagens e ligações, seguindo a mesma estrutura do WhatsApp, precisando apenas de internet e o contato do outro usuário, sem precisar de créditos.  

Por ser o principal mensageiro da Microsoft, é mais fácil encontrar pessoas que o utilizam, além de poder ser usado em diversas plataformas, como smartphones, TVs e video game. 

Leia também: Aprenda como gravar áudios separados pelo Discord

WeChat 

Bastante popular na China, o WeChat segue uma linha parecida do WhatsApp, inclusive na funcionalidade. Para aderir ao app é o mesmo esquema: seu número de telefone precisa ser cadastrado e você recebe um código por SMS para confirmar e pronto. Um avanço do app é que ele consegue conectar com o Facebook, dando mais opções de contatos. 

Apesar de bem parecidos, o WeChat oferece uma função mais avançada do Moments. Enquanto no WhatsApp (chamado Status) é mais parecido com um stories do Instagram, no WeChat ele funciona mais como um feed. 

GroupMe

Focado exclusivamente em conversas de grupo, as mensagens conseguem ser trocadas tanto via internet quanto por SMS. O que garante a possibilidade de enviar mensagens, mesmo offline. Única coisa é que as mensagens por SMS são cobradas pela operadora. 

ICQ 

É bem possível que você já tenha escutado através dos seus pais sobre esse programa, isso porque ele foi muito popular na década de 90. No entanto, ele retornou nos últimos anos, e com muita força. Com opções nos principais sistemas operacionais, o ICQ conta com videochamadas, sincronização de histórico, figurinhas e mensagens de voz. 

FONTE

Guilherme Pin

Jornalista, aspirante a crítico e roteirista de filmes, youtuber nas horas vagas e o Chandler M. Bing da roda de amigos.