Fazer live no YouTube pode ser algo muito benéfico ou totalmente sem sentido. Tudo vai depender de conteúdo, tamanho do canal e proximidade do público. Então, para fazer esse tipo de vídeo o primeiro passo é você produzir um conteúdo que valha a pena ser feito estendido e ao vivo. Canais de beleza ou gamers que fazem live para mostrar os presentes das marcas é um exemplo de vídeo com conteúdo ruim. Esse não é um tema que pede interação ao vivo com o público e ele funciona bem melhor em um vídeo editado, só com o conteúdo necessário. Por outro lado, gamers streamers é um modelo de live que funciona bem. Primeiro porque o youtuber deve mostrar que é bom mesmo naquilo, já que não tem edição. E também por proporcionar a opção do público ajudá-lo nas tomadas de decisão. Muitas pessoas ainda têm medo da transmissão ao vivo atrapalhar o watch time do canal, algo talvez até mais relevante do que o número de visualizações para o algoritmo do YouTube. Porém não acho isso um problema. Até porque o foco da live no YouTube é engajar o público e não crescer na plataforma.

1- Engajamento de público

A live permite vídeos mais longos. Com isso, pela falta de edição, que deixa apenas os trechos mais importantes, há mais espaços para divagações. Elas são péssimas em vídeos normais, mas nas transmissões ao vivo são muito bem-vidas. Com isso, o vídeo terá um tom mais pessoal. Você mostrará mais "quem você realmente é" e o seu público poderá ver uma faceta sua que não conhece tão bem. Mostrar sua personalidade e falar naturalmente sem preocupação com o tempo farão com que o público possa se identificar mais contigo.

2- Interação com o público

Na live, há uma interação simultânea entre público e youtuber. Então, jamais ignore os seus inscritos em uma transmissão dessas. Eles devem interagir e, de certa forma, ajudar a produzir o conteúdo. Sem isso, uma live não tem sentido.

3- Conteúdo diferente

Como eu já disse, a live é o espaço para a produção de um conteúdo com outro formato. As postagens normais geralmente são roteirizadas e editadas, a fim de passar o que é relevante em pouco tempo. Mas, se isso é importante para o público consumir, também distancia este do influenciador e deixa o conteúdo mais engessado. Por isso, a live é um formato bom para criar algo mais longo, pessoal e livre.   Sobre nós A influu é o ecossistema feito para influenciadores digitais. Com foco na monetização e profissionalização dos novos formadores de opinião, a empresa se divide em três áreas: criação de conteúdo para o blog, redes sociais e YouTube, realização periódica de eventos por todo Brasil e mediação entre influenciadores e marcas para campanhas de marketing.

Para entrar em contrato, mande um e-mail para [email protected]

Victor Russo

Tenho 22 anos e sou formado em jornalismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sou criador de conteúdo da influu e cubro os eventos da empresa. Amo cinema e tenho um canal no YouTube, chamado 16mm, sobre o tema. Além disso, tenho um podcast sobre NFL chamado Goatopolis.