Pular para o conteúdo

Youtubers mirins: França quer regulamentar a profissão

Youtubers mirins são parte de um assunto controverso. Há quem diga que crianças não deveriam ser expostas dessa forma, há quem diga que é uma forma de diversão. Seja como for, a França acredita que é momento de regulamentar esse trabalho.

Seja qual for a opinião das pessoas, é necessário aceitar o fato de que youtubers mirins existem. Aliás, acho que é importante ressaltar o fato de que nos últimos dois anos (2018 – 2019) o youtuber mais bem pago do mundo foi uma criança.

Por isso, a França decidiu que a profissão precisa de uma regulamentação. A ideia é conseguir proteger as crianças e, além disso, garantir que o futuro dos pequenos seja beneficiado pelo trabalho exercido na infância.

O trabalho dos youtubers mirins

A França determinou – em uma lei já aprovada pela Assembleia Nacional – que os youtubers mirins são trabalhadores. Portanto, os franceses terão que regulamentar a situação das crianças se quiserem continuar com um canal dentro da lei.

O texto da lei foi aprovado por unanimidade. Porém, ele ainda precisa ser aprovado pelo senado para que entre em vigor.

A ideia do projeto é justamente a proteção infantil. Os deputados franceses afirmaram que atualmente as crianças estão nas mãos dos seus responsáveis e, por isso, sujeitas a exploração.

Portanto, a lei determina que seja feito um registro trabalhista de todos os influenciadores menores de 16 anos – para obtenção de uma licença. Além disso, também deve ser aberta uma poupança na qual deve ser depositado – mensalmente – a maior parte dos ganhos frutos desse trabalho.

Para que os jovens obtenham essa licença será necessário o fornecimento das seguintes informações:

  • detalhamento dos horários da jornada de trabalho – máximo de 8 horas por dia e 35 horas por semana;
  • informações sobre a rotina de estudo;
  • Contrato com informações acerca de salário, tempo de repouso e garantia da saúde moral e física do menor.

Além disso, o projeto prevê que os youtubers mirins tenham acesso a chamada lei do esquecimento.

A lei do esquecimento

A lei do esquecimento determina que a pessoa tem o direito de ser “esquecida”. Sejamos sinceros, existem coisas que nós fazemos quando somos pequenos e que, quando adultos, nos constrangem.

Por isso, o ideal é que as pessoas possam se livrar de certos conteúdos. Especialmente se nós considerarmos que as gerações da atualidade estão sendo filmadas o tempo todo. Principalmente as crianças influenciadoras.

Assim, a lei – ao ser aplicada para esse caso – prevê que os youtubers mirins ao acionar a lei exigem que todo e qualquer conteúdo relacionado à imagem deles deve ser excluída das plataformas. Mesmo que esteja em canais ou perfis de terceiros.

Como ficam as plataformas nessa situação?

O papel das plataformas em tudo isso é o da fiscalização. O governo francês quer que as regras fiquem mais rigorosas para que a imagem de crianças e adolescentes não seja usada de forma ilegal.

Além disso, também espera-se que os usuários sejam informados sobre condutas que podem ferir a dignidade e a integridade – física e moral – dos menores.

A multa para quem descumprir a lei pode chegar a 75 mil euros.

Fontes: 1 e 2

18 de maio de 2020

MC Kevin – com Covid-19 e furando a quarentena

MC Kevin tem 5,8 milhões de seguidores no Instagram. Em sua foto há uma ilustração do cantor, com uma máscara que diz "Isolado no Quarto". Mas parece que não é…

8 de outubro de 2019

Melhores amigos garantem até R$250 mil para influencers

Melhores amigos já foram uma dádiva. Seu maior presente, os irmãos que a vida te deu, pessoas para quem você poderia contar qualquer coisa. Entretanto, no Instagram eles ganharam um…

23 de setembro de 2020

Influenciador morre aos 21 anos, vítima de covid-19

O novo coronavírus ainda está longe de deixar de ser uma ameaça. Enquanto alguns países debatem a possibilidade de retomar o lockdown, o vírus segue fazendo vítimas. E dentre elas…

7 de março de 2019

Brasileiro desenvolve projeto com robôs que criam vídeos para o YouTube

Entre milhares de conteúdos diários publicados no YouTube, existem vários que seguem uma mesma fórmula, mas que diferenciam pelo conteúdo. Isso é porque um robô está produzindo esses conteúdos e…

Rua Teodoro Sampaio, 2767 Sala 22 - Pinheiros, São Paulo, Brasil - CEP: 05405-250
thais@influu.me | imprensa@influu.me
CNPJ:19.354.277/0001-40

© Copyright influu.me - 2021
Todos os direitos reservados