fbpx
Pular para o conteúdo

Sites de download de vídeos do YouTube estão fora do ar

Realizar download de vídeos do YouTube agora está cada vez mais difícil. A plataforma já vem judicialmente procurando eliminar sites com essa função, e mostrando resultados.

Segundo a publicação do Tecnoblog, os serviços Video-download.co, EasyLoad e PickVideo já desligaram. Os três cancelaram seus trabalhos depois de receberem um aviso do próprio YouTube para finalizarem suas funções. Apesar do Video-download.co ainda estar no ar, é exibida uma mensagem comentando sobre a escolha de finalizar das atividades.

O responsável pelo site chegou a revelar ter recebido uma mensagem para o encerramento acontecer até a última terça, na semana passada (12). Dos três, o EasyLoad é outro que também deixa uma mensagem aos usuários. E tanto o Easy quanto o Video-download justificaram o fim após o caso do YouTube-MP3.

O caso do YouTube-MP3

Marcado como um dos maiores do segmento, o site foi desligado em setembro de 2017. O resultado do encerramento foi um acordo judicial entre o proprietário Philip Matesanz e gravadoras.

O alemão, além de entregar os direitos, também e pagou os danos pendentes. A caçada pelo site começou ainda em 2016, quando chegou a ser processado pela RIAA. Ele foi acusado de violar direitos autorais e burlar mecanismos de proteção do próprio Youtube.

De acordo com as gravadoras, o serviço tinha 60 milhões de usuários mensalmente. Além de serem responsáveis por 40% das extrações ilegais de música, mundialmente. E lucrarem com publicidade, sem repassar qualquer dinheiro aos artistas. Essa vitória foi destaque no cenário das gravadoras, por ser o primeiro grande “vilão” de download de vídeos a cair.

O começo do fim dos serviços de download de vídeos

Em março deste ano, o Keepvid também anunciou sua retirada. Depois de mais de dez anos em funcionamento, o site não explicou o real motivo do desligamento. Mas a empresa transformou a plataforma em um site educacional que alerta sobre a infração de direitos autorais e quebra de regras, principalmente do YouTube.

O KeepVid divulgou uma nota afirmando que seus serviços de baixar vídeos pode colocar em risco os usuários. E sugeriram realizar downloads de forma legal na internet. “O KeepVid espera sinceramente que o mercado possa ser mais regularizado e organizado para atender às necessidades das pessoas”, publicaram.

Com o crescimento do rigor dos termos do YouTube, esses e outros serviços ilegais tendem a cair cada vez mais. Cabe a própria plataforma seguir em busca do fim da ilegalidade e mudar o cenário.

Fontes: 1 e 2

Facebook Comments Box
16 de dezembro de 2019

Influenciador é preso após tentar roubar domínio à mão armada

Um influenciador norte-americano foi condenado à prisão após ser acusado de um crime inusitado. O influenciador foi até as últimas consequências na tentativa de roubar um domínio da web. No…

31 de agosto de 2020

Carrossel: estudo comprova que esses posts têm mais engajamento

Se você é produtor de conteúdo, você deve procurar formas de aumentar o engajamento. No Instagram, o carrossel pode ser a melhor forma de fazer isso. Você quer saber o…

22 de novembro de 2018

Maioria dos usuários do YouTube usam o site para aprender

O YouTube tem um vasto universo de conteúdo. Como mostramos aqui no portal, há diversos temas, formatos e ensinamentos. E, por mais que o site pareça um local de entretenimento,…

6 de novembro de 2019

Pinterest – nova oportunidade para influenciadores

O mercado de influenciadores digitais ainda está em expansão. Por isso, é importante estar de olho nas novidades. A última, foi lançada pelo Pinterest. Se você perguntar para as pessoas,…

Rua Teodoro Sampaio, 2767 Sala 22 - Pinheiros, São Paulo, Brasil - CEP: 05405-250
thais@influu.me | imprensa@influu.me
CNPJ:19.354.277/0001-40

© Copyright influu.me - 2021
Todos os direitos reservados