Saiba como ter áudio de qualidade em vídeos


Mantendo o áudio de qualidade em vídeos

Há muitas formas de ter um áudio de qualidade em vídeos. Não necessariamente é preciso ter o melhor e mais caro microfone. Tudo vai depender de uma combinação de fatores.

Os principais são a captação da fala e o ambiente em que o vídeo está sendo gravado. Ou seja, antes de escolher o microfone, procure sempre escolher um local adequado.

A não ser quando for um vídeo de entrevista ao vivo com alguém famoso ou a cobertura de um evento, tente encontrar um lugar tranquilo. Além de pouco barulho, é fundamental evitar o eco.

Espaços muito grandes e fechados geralmente apresentam esse empecilho, que nada mais é do que o som bater nas paredes e voltar para o microfone.

Apesar de afetar quase qualquer tipo de microfone, esse problema é fácil de resolver. A melhor opção é preencher o local com objetos grandes, como caixas ou móveis.

Outra possibilidade é abrir as janelas (caso tenha no ambiente), desde que não tenha barulho vindo de fora. Essas duas técnicas tirarão o eco por completo.

Quais microfones eu posso usar para melhorar o áudio?

Boom – O microfone boom é muito usado em produções maiores, como programas de TV e filmes. Ele é perfeito para a captação do áudio, mas não é recomendado para youtubers que gravam sozinho.

Isso porque ele é grande e deve ser segurado, sem aparecer na câmera, em cima de quem está falando, logo precisa de pelo menos mais uma pessoa para ajudar o influenciador.

Lapela – É a melhor opção se você grava vídeos sozinho. É pequeno, capta o áudio perfeitamente e fica escondido, já que é possível passar por dentro da roupa. O único problema é que só funciona bem para a pessoa que o estiver usando.

Então em vídeos que contenham mais de uma pessoa em cena, cada indivíduo deve ter um microfone de lapela para si. Um lapela custa entre duzentos e dois mil reais, dependendo da qualidade. Youtubes iniciantes que não têm muito dinheiro podem utilizar o lapela improvisado a partir de fones de ouvido de celular.

Direcional – É uma das opções mais baratas, mas não é muito usual. Com exceção de entrevistas, o microfone direcional não é muito vistoso, pois o youtuber deve ficar segurando-o enquanto fala e isso pode ser um ruído para a compreensão do público.

Um dos únicos canais que consegue usar esse tipo de microfone com eficiência é o Cinema com Rapadura. Por serem fortes no podcast, combinar com o estilo deles e utilizarem um microfone direcional no estilo retrô em um suporte que fica sobre a mesa, o canal tem o objeto como uma de suas marcas.

Então se você tiver criatividade para torná-lo apresentável, sem problemas.

Da própria câmera – É o menos indicado, mas o mais barato. O problema do áudio da câmera ou de celular é que eles captam todos os sons do ambiente. Isso é um problema, pois os demais ruídos irão competir com a sua voz e muitas vezes é impossível tirá-los na edição. Então, se escolher essa opção, certifique-se de estar em um ambiente com boa acústica.