fbpx
Pular para o conteúdo

Redes sociais ficam fora do ar em todo o mundo: saiba o motivo

O mês de outubro de 2021 ficará marcado pelo dia em que as mais utilizadas redes sociais ficaram fora do ar por horas. Pessoas de todo o mundo precisaram seguir suas rotinas sem WhatsApp, Instagram e Facebook.

Mas, o que realmente aconteceu e mais: por que essa instabilidade histórica ocorreu em um dos maiores grupos de tecnologia do planeta?

E exatamente sobre esse assunto que falaremos neste artigo. Então, aproveite para entender os bastidores dessa estrondosa queda das redes sociais.

Leia também: Grupo de influenciadores no WhatsApp realmente funciona?

Redes sociais ficam fora do ar

Os aplicativos WhatsApp, Instagram e Facebook, incluindo o Messenger, ficaram fora do ar globalmente por aproximadamente sete horas. Além disso, o Gmail também apresentou instabilidade. Durante esse período, não era possível acessar as redes de forma alguma.

Com todo mundo pego de surpresa, as mensagens só começaram a ser envidas horas depois, quando a estabilidade do grupo foi restaurada.

Devido a queda histórica, diversos negócios foram afetados e estima-se um prejuízo de US$ 7 bilhões para o Facebook.

Apesar do problema receber uma solução no mesmo dia, uma situação parecida aconteceu somente em 2019. Por isso, muitos se perguntam: afinal, qual o motivo dessa falha?

Qual foi a real causa dessa falha?

A verdade é que ainda não se sabe. E isso porque o grupo Facebook não fez uma declaração oficial revelando o motivo das falhas. O que aconteceu foi apenas um tweet de desculpas.

Poucos minutos apenas a normalidade, Zuckerberg participou de um evento on-line sobre criptomoedas, mas não fez declarações sobre o motivo da falha.

Por isso, o que temos até agora são especulações. Há quem acredite que haja uma relação com DNS (Domain Name System, em português Sistema de Nome de Domínios). Este é o protocolo relacionando o endereço do aplicativo ou de um site com seu endereço, no caso com o número de IP – Internet Protocol, ou Protocolo da Internet.

Nesse cenário, o IP fica fora de alcance quando ocorre uma falha nesses servidores.

Essa teoria ganhou força porque mesmo os funcionários do Facebook ficaram sem acesso às ferramentas utilizadas internamente para resolver esse problema. Além disso, há relatos de funcionários que não conseguiram utilizar o crachá para abrir as portas e entrar nos prédios, devido a paralisação.

Porém, acredita-se ainda que possa ter sido um problema com rotas BGP (Border Gateway Protocol, ou Protocolo de Portão de Fronteira), que foram retiradas da internet. O BGP, ao sair do ar, deixa a plataforma sem direção, uma vez que esse protocolo avalia os caminhos que podem ser tomados para chegar ao servidor desejado.

E, ainda assim, é pouco provável que tenha sido um ataque hacker.

Leia também: Como fechar parcerias no Instagram? Confira 5 dicas

Outras redes sociais

Através do Twitter, o Facebook se pronunciou com um post breve. Veja o pronunciamento abaixo:

“À enorme comunidade de pessoas e negócios ao redor do mundo que dependem de nós: pedimos desculpas. Temos trabalhado duro para restabelecer o acesso aos nossos aplicativos e serviços. Estamos felizes em comunicar que eles estão voltando agora.”

E já que o Twitter era uma das poucas redes sociais ativas, muitas pessoas correram para fazer memes com o ocorrido. Veja só o que aconteceu por lá:

Você também passou por esse perrengue ou nem percebeu a queda das redes sociais?

Facebook Comments Box
4 de agosto de 2021

Bye bye, Fleets: stories do Twitter chegam ao fim

Nesta terça (3), foi dia de dar adeus aos Fleets. E isso porque os stories do Twitter acabaram não sendo tão utilizados quanto o esperado. A despedida, porém, acabou rendendo…

29 de julho de 2021

Inteligência artificial do Facebook vai barrar perfis de crianças

O Facebook tem se empenhado em relação às políticas de proteção a crianças e adolescentes em suas plataformas. E agora, a rede social está implementando inteligência artificial para barrar perfis…

21 de julho de 2021

Nova forma de monetização no YouTube começa a ser testada

Prometida no começo de 2021, a ferramenta que permite a compra direta através de vídeos no YouTube finalmente está sendo testada. O novo mecanismo de monetização possibilita a aquisição imediata.…

20 de julho de 2021

Magazine Luiza expande operações e compra Kabum

Na última semana, o varejista Magazine Luiza anunciou a expansão de suas operações com a compra da Kabum. A empresa é um dos maiores e-commerce do segmento de tecnologia. Referência no mercado digital…

Assine nossa newsletter e receba novidades!