Qual é o pior vídeo que um youtuber pode fazer?


Banheira de Nutella, react e trollagens que passam dos limites são alguns dos vídeos mais criticados do YouTube. Mas esse ainda não é o pior vídeo que um youtuber pode fazer, longe disso.

Independente da revolta de muitas pessoas, esses canais entregam ao público aquilo que ele quer. Por isso, esses youtubers fazem tanto sucesso. Se esse conteúdo é pobre tematicamente e até baixo em alguns casos, isso não vem ao caso nesse texto.

Há sim conteúdos muito piores que esses por um único motivo: público do YouTube quer conteúdo. A maioria dos youtubers fazem esses vídeos com frequência sem se dar conta do quanto isso pode ser prejudicial. Mas quais vídeos são esses?

Aqueles em que o influenciador foge de seu conteúdo para informar sobre possíveis novidades do canal ou que se dedica apenas em falar sobre uma campanha. Além desses, há muitos outros casos.

Alguns exemplos são:

  • Intro e outras novidades do canal:

Gastar um vídeo inteiro só para falar que o canal vai ter uma nova vinheta. Isso é muito comum até para youtubers mais experientes. O mesmo vale para outras novidades do canal como mudança de horário na postagem de vídeo.

  • Problemas pessoais do youtuber:

Claro que nesse tópico não se encaixam canais como vlogs ou outros formatos que constantemente falam sobre suas vidas pessoais. Mas em nichos como gameplay, cinema ou DIY, gastar um vídeo inteiro para falar sobre alguma coisa que te incomodou, como uma briga com seu melhor amigo ou seu carro que quebrou, não são o tipo de vídeo que o seu público espera de você.

  • Jabá e loja do canal:

Diferente dos itens acima, campanhas de marketing e anunciar loja, cursos ou possibilidade de ser padrinho que o canal proporciona são coisas que devem ser faladas no vídeo. Mas nenhuma delas deve ser o foco de um vídeo, apenas um complemento curto bem encaixado no conteúdo. Veja esse exemplo:

Nesse vídeo, tinha acabado de lançar o trailer novo de Vingadores: Guerra Infinita. Como é costume no canal, esse tipo de filme tem sempre uma análise do trailer.

Ao invés disso, Jovem Nerd e Azaghal praticamente deixaram isso de lado em prol de uma parceria com a HBO GO.

Por isso, esse foi um dos vídeos com maior número de deslikes e críticas por parte dos fãs de um dos melhores e mais influentes canais do YouTube brasileiro.

Como resolver isso?

É sempre importante utilizar outras redes sociais para ampliar e complementar seu conteúdo.

Twitter e Instagram por exemplo são ótimos mecanismos para mostrar um lado mais pessoal e se aproximar mais do público. Os seus inscritos mais fiéis te seguirão também nessas plataformas e poderão, dessa forma, ficar por dentro de novidades do canal ou de coisas mais pessoais.

Caso você não tenha a segurança de ter o seu público te seguindo nessas plataformas, dentro do vídeo tente falar o mais breve possível sobre esses assuntos e use o bom e velho “se você quiser saber mais, dá uma olhada lá no meu twitter”.

Não só você não precisará gastar um vídeo inteiro sem conteúdo, como também será uma maneira de trazer o seu público mais próximo para suas outras redes sociais.