Quais fatores precisam ser considerados ao selecionar uma hospedagem para o seu site e como isso pode afetar a estratégia de SEO?


Ao selecionar  uma hospedagem, você precisa observar com muito cuidado, ou talvez descobrir através do serviço de apoio ao cliente, os principais parâmetros para o pleno funcionamento do seu site e a promoção do seu  tráfego. Infelizmente, as empresas de hospedagem anunciam apenas seus parâmetros positivos e não evidenciam suas deficiências. Lidar com as deficiências de um certo serviço de hospedagem  sem conhecimento profissional  é difícil e em certos casos será mesmo necessário a contratação de força extra para resolver os bugs que poderão acontecer. 

Por isso neste artigo, vamos mostrar a você os fatores que deve levar em conta antes de selecionar a hospedagem para o seu site:

1 – Confiabilidade do servidor

Se seu site ficar em inatividade , mesmo que por pouco tempo, você perderá tráfego que são vendas em potencial. Isso pode prejudicar seus negócios. Segundo analistas , o custo médio do tempo de inatividade pode ser de pelo menos 30 mil reais por minuto. Portanto, evite hospedar seu site em provedores com servidores fracos e conexões não confiáveis.

Em vez disso, procure empresas que tenham tempo de atividade conhecido e confiabilidade do servidor. O padrão da indústria atual deve ter pelo menos 99,5% de tempo de atividade e qualquer coisa abaixo de 99% não é adequado para o seu site .

2 – Velocidade

A velocidade de carregamento da sua página web afeta a conversão. Um estudo da Kissmetrics mostra que 47% dos consumidores esperam que um site seja carregado em 2 segundos ou menos e 40% sairão da sua  página se demorar mais de 3 segundos para carregar.

Um dos fatores que podem afetar a velocidade da página é a latência, que é o tempo que leva para os dados passarem do servidor para os usuários. Quanto maior sua latência, mais tempo o usuário carrega seu site ou página.

Para manter a latência, é melhor escolher um servidor mais próximo do seu público-alvo. Procure um host da Web com vários servidores, pois ele oferece a oportunidade de aproximar seu site do público.

3 – Facilidade de uso

Para economizar tempo e reduzir problemas durante o lançamento do site, é recomendável que você recorra a serviços de hospedagem  que oferecem um processo de comissionamento tranquilo e uma interface fácil de usar. Faça a si mesmo as seguintes perguntas:

  • É fácil se registrar?
  • Você pode começar a trabalhar imediatamente após o registro?
  • O processo de instalação leva muito tempo?
  • A interface do usuário é fácil de navegar?
  • Eles estão tentando pressioná-lo agressivamente a comprar atualizações e serviços desnecessários?

Este último ponto, é a prática usada por alguns fornecedores quando estão tentando aumentar as vendas. Tentam vender  a você  recursos e atualizações que seu site pode não precisar.

4 – O Preço

O preço deve ser um fator importante na escolha de uma hospedagem para o seu site . Se você está apenas começando ou tem um orçamento limitado para trabalhar, planos premium como VPS ou hospedagem dedicada não funcionarão para você.

Nos primeiros dois anos, preste atenção a algo mais acessível. Como regra geral, para quem está começando, um plano tarifário geral será a melhor opção, pois é bastante barato e mais do que capaz de administrar um site pequeno. Felizmente, existem muitas empresas de hospedagem a preços acessíveis que oferecem uma ampla variedade de planos e serviços de hospedagem.

5 – Backups do site

Mesmo com as melhores medidas de segurança, seu site ainda está exposto a vários riscos em potencial, como hackers, vírus, erros e até falhas de hardware. Na pior das hipóteses, qualquer um desses incidentes pode causar danos permanentes, como a perda do arquivo index.php. 

Ter um backup do seu site ajudará a evitar problemas desnecessários devido à perda de dados. Uma prática padrão para qualquer bom serviço de hospedagem é oferecer backups regulares e agendados do seu site; para saber mais sobre esses serviços, visite este site. Assim, se algo acontecer, você pode simplesmente pedir ao provedor de hospedagem para restaurar seu site imediatamente.

Além dos backups regulares, verifique se o serviço de hospedagem permite que você faça o seguinte:

  • Permita fazer backup manualmente através do painel de controle
  • Usa programas para criar backups automáticos do seu site
  • Permita restaurar você mesmo os arquivos de backup, sem aguardar uma resposta da equipe de suporte.

6 – Flexibilidade / Escalabilidade

Um fator importante a considerar ao escolher uma hospedagem é se eles podem se encaixar no crescimento do seu site e  dos seus negócios. Isso significa que o plano tarifário que você usa agora pode não ser suficiente após dois ou três anos, principalmente se você expandir o site para incluir uma loja on-line ou aumentar significativamente o tráfego.

O crescimento sempre deve ser o foco de qualquer site  para escolher uma hospedagem nesta perspectiva faça as seguintes perguntas: 

  • Eles possuem um plano tarifário / VPS ou um servidor dedicado? 
  • Você pode atualizar facilmente sua conta?
  • Você pode transferir o site para uma nova hospedagem se o seu plano atual não for suficiente? 

7 – Adicionar novos domínios 

Um dos principais componentes do crescimento é a diversificação. Você pode começar a trabalhar com apenas um site e nome de domínio, mas à medida que sua empresa cresce, você percebe o benefício (e a necessidade) de vários sites, domínios e subdomínios para popularizar sua marca ou empresa.

Além disso, ter vários sites pode ser uma ótima maneira de destacar os vários produtos ou serviços da sua empresa. A Coca-Cola é um ótimo exemplo disso, com vários produtos, cada um com seu próprio site, mas ainda operando sob a marca Coca-Cola.

Antes de se inscrever em um provedor de hospedagem, tente descobrir se o plano tarifário permite abrir vários sites na mesma conta.

8 – Funções de suporte e e-mail

Os e-mails ainda são uma ótima maneira de obter feedback de seus usuários e melhorar suas conversões de assinante. É por isso que você precisa que seu email seja hospedado no domínio do seu site.

Se eles não oferecem nenhum recurso de email, talvez seja necessário procurar soluções de terceiros. O mais simples deles é o G Suite. O Google permite que você crie e-mails e publique em seus servidores.  

9 – Reembolso e teste gratuito

Cada empresa de hospedagem que você considerar oferecerá uma certa forma de política de devolução ou um período de teste que permita que você verifique seus serviços e decida se deseja continuar usando-os ou não.

Como o uso de um provedor de hospedagem pode ser caro (embora existam muitos serviços bons e baratos), a escolha de um serviço de hospedagem na web que ofereça um reembolso e um período de teste pode ajudar a evitar desperdício de dinheiro se você não gostar deste provedor.

Sobre o autor: Este artigo escrito por Feliciano Simba Telica, especialista em Auditorias de SEO, Análise de palavras-chave, Análise de Concorrentes, SEO on-Site, Linkbuilder, Redator de blogs, SEM / Adwords e SMM.