Conheça o poder dos microinfluenciadores


Quando tratamos de marketing de influência, imediatamente pensamos em celebridades da internet e patrocínios com valores altíssimos. Mas nem sempre os influenciadores com mais fama são eficazes. Por isso entra o poder dos microinfluenciadores.

Para as marcas, eles podem ajudar a criar conscientização sobre impulsionar as vendas. Trabalhar com um microinfluenciador significa um provável baixo alcance de público, mas esse público é totalmente segmentado.

Leia também: Aprenda como melhorar suas campanhas de marketing de influência

O que, por sua vez, não é tão negativo para as marcas. Até porque para os algoritmos, o número de seguidores é bem menos importante que a taxa de engajamento.

E para provar isso, a plataforma de marketing de influenciadores, SocialPubli.com, criou um infográfico que ilustra o verdadeiro poder dos microinfluenciadores. E também como trabalhar com eles pode ser uma opção perfeita.

Leia também: Microinfluenciadores: exemplos de cases que funcionaram

De acordo com os resultados da pesquisa, consumidores se identificam mais com eles. E isso é parte do motivo por trás do sucesso dos microinfluenciadores. Afinal, como eles são especialistas e líderes do setor, também são relacionáveis com o público.

E perto das comunidades online, eles oferecem a combinação de credibilidade, autenticidade, engajamento e acessibilidade. Entenda agora um pouco dos resultados do gráfico. E o motivo de todo esse poder dos microinfluenciadores.

Credibilidade dos microinfluenciadores

Microinfluenciadores são mais bem informados e apaixonados pelo nicho em que estão inseridos. E por causa disso passam a imagem de serem experts naquele universo. E isso claramente torna-os mais confiáveis.

Nas categorias de mais bem informado, com mais credibilidade e que melhor explica sobre e o que é o produto, os microinfluenciadores atingem 94%, 94% e 92%, respectivamente. Enquanto uma pessoa média na rede social atinge menos de 85% nas três.

O fator-chave dessa confiança é a proximidade. Uma vez que as comunidades são muito unidas, os consumidores se sentem mais identificados.

Engajamento

De acordo com os dados, nos Estados Unidos, sete a cada dez consumidores pesquisam opiniões de outras pessoas antes de comprar. No entanto, desta quantidade, 72% usa os contatos das redes sociais para encontrar recomendações de bens e serviços.

Esse número vem principalmente do fato do conteúdo dos microinfluenciadores estarem relacionados com o público. E isso só melhora ainda mais o engajamento dele. O estudos mostraram que com o crescimento do número de seguidores, há uma queda no engajamento.

Para um noção, os gráficos mostraram que usuários com mil seguidores no Instagram e no Twitter oferecem 8% e 1,5% de engajamento, respectivamente. Enquanto, uma conta com mais de 100 mil seguidores, entregam 1,7% e 0,3%, respectivamente.

Microinfluenciadores e a autenticidade

Genuinamente interessados no nicho, os microinfluenciadores produzem conteúdo mais personalizado. E autêntico. O que reflete nos consumidores. 61% das consumidoras afirmam que o conteúdo que não parece ser genuíno, impediria-as de se envolver com postagens patrocinadas. E 59% diz que postagens inconsistentes com o restante do feed são falsas.

Sobre os consumidores globais, 87% sente que é importante para as marcas agirem com integridade em todos os momentos. Isso classifica a autenticidade acima da inovação (72%) e da exclusividade do produto (71%).

Custo

Por serem mais acessíveis que celebridades e macro-influenciadores, seus preços compensam mais às empresas. Como uma base, no Instagram, 97% dos microinfluenciadores cobram cerca de US$500 por post. E 84% cobra US$250 ou menos. No Facebook, 96% cobra US$500. Enquanto 84% cobra US$250 ou menos. Já no Twitter, não é muito diferente, 96% cobra US$200 ou menos. E 90% cobra US$150 ou menos por publicação.

Com o mesmo orçamento usado para contratar uma celebridade com 100 milhões de seguidores, em média, eles podem trabalhar com mil microinfluenciadores. O orçamento para um megainfluenciador com um milhão de seguidores é o mesmo como trabalhar com 40 microinfluenciadores.

Finalizando, o orçamento para um macroinfluenciador com 100 mil seguidores é o mesmo para trabalhar com quatro microinfluenciadores. Reforçando o poder dos microinfluenciadores.

Leia também: Fundamentos importantes para falar com micro e macro influenciadores

FONTE