PewDiePie quebra recorde ao atingir 100 milhões de inscritos


PewDiePie foi, durante muito tempo, o maior youtuber do mundo. Porém, ele viu a aproximação do T-Series, coisa que gerou uma polêmica na rede.

O T-Series conseguiu chegar a 100 milhões de inscritos antes do PewDiePie. Por isso, T-Series é o primeiro canal a atingir essa meta. Entretanto, isso não impediu o PewDiePie de quebrar um recorde.

Afinal de contas o T-Series é um canal de uma produtora indiana de videoclipes. Portanto, o youtuber sueco de 29 anos é o primeiro canal solo a atingir essa marca.

Mas não pense que isso foi atingido do dia para a noite. O canal do PewDiePie foi criado há quase 9 anos.

Polêmicas do PewDiePie

O youtuber já teve altos e baixos. Inclusive, quando a disputa entre ele e o T- Series começou, os fãs rackearam impressoras e sites. Além disso, eles pagaram por outdoors e telões nas ruas. Tudo para compartilhar a mesma mensagem “Subscribe to PewDiePie”, ou seja, “Inscreva-se no canal do PewDiePie”.

Porém, o próprio youtuber pediu para que os fãs parassem. Isso aconteceu porque um atirador em uma Mesquita na Nova Zelândia fez uma live do massacre e disse “Subscribe to PewDiePie” antes de começar a matar pessoas.

Porém, não foram apenas essas as polêmicas do influenciador. Ele chegou a ter contrato com a Disney, mas perdeu em 2016, depois de fazer comentários contra judeus.

Em 2017, o youtuber novamente fez besteira. Ele realizou uma live na qual estava jogando. O problema foi que, em um momento de estresse, ele xingou o jogo usando a palavra nigger.

Para quem não sabe, essa é uma palavra inglesa extremamente racista. Inclusive, as pessoas nem costumam dizê-la, preferindo o uso de “the n word”- em português, “a palavra com N”.

Mas, parece que PewDiePie aprendeu com todos esses erros. Depois de 2017, ele não se envolveu mais em situações como essa. Além disso, ele participou de projetos sociais e se desculpou por tudo.

Inclusive, ele disse que só deseja jogar.

Fontes 1, 2 e 3