Perfil do Homem Pateta – polícia tem novas evidências


Em junho alguns estados brasileiros começaram a registrar queixas relacionadas ao perfil do Homem Pateta. Por isso, a polícia iniciou uma investigação. O primeiro suspeito já foi identificado pelas autoridades.

Repetidamente a internet apresenta grandes perigos para crianças. Além dos pais já terem que se preocupar com ameças como pedófilos, ainda há a presença de perfis que podem prejudicar o bem estar infantil.

Quem não se lembra do desafio da baleia azul? Estima-se que o desafio tenha sido responsável pelo suicídio de mais de 100 jovens.

Esse ano, o perigo foi o perfil do Homem Pateta – nós já havíamos falado sobre esse caso no blog – mas a polícia quer eliminar esse perigo rápido.

Suspeito de participar do perfil do Homem Pateta

A polícia fez na última sexta feira (10/07) uma operação de busca e apreensão na casa de um adolescente que seria o dono do perfil do Homem Pateta.

O rapaz é de Sorocaba e, por ser menor, não terá a identidade divulgada. Entretanto, ele confessou que enviava mensagens por meio do perfil, mas disse se tratar de uma brincadeira.

Porém, é bom lembrar que o perfil incitava os jovens ao suicídio e, portanto, o ato não pode ser considerado como “brincadeira”, aliás, é o oposto disso.

Como o rapaz é menor, o caso vai ser passado para a Vara da Infância e Juventude. Ele deve responder por Atos Infracionais relacionados a ameaça e, além disso, instigação ao suicídio.

É importante declarar que o jovem é responsável por um perfil do Homem Patera. Mas existe uma série deles, em vários idiomas, espalhados pela rede.

Por isso, os pais não podem relaxar no cuidado.

Em nota, a polícia declarou que esse caso é importante para mostrar que “não existe anonimato na internet”. Ou seja, assim como na “vida real” é importante refletir bem antes de cometer um crime.

Fonte