Pegadinhas que um youtuber não deve fazer


Pegadinhas que um youtuber não deve fazer

Se você decidiu criar o seu canal no YouTube, você precisa analisar até onde está disposto a ir. Além disso, quais serão as consequências dos seus atos. Pois existem pegadinhas que um youtuber não deve fazer.

Nem tudo o que for feito no seu canal vai se manter apenas no mundo virtual. Algumas postagens podem fazer com que sua “vida real” mude muito.

Nós poderíamos citar uma série de youtubers que acabaram exagerando na brincadeira e precisaram lidar com consequências catastróficas. Mas no post de hoje vamos focar em três youtubers que estão em evidência no momento.

ReSet e a bolacha de pasta de dente 

Kanghua Ren é um youtuber espanhol conhecido como ReSet. Em seu vídeo, ReSet colocou pasta de dente no lugar do recheio de bolachas Oreo.

Depois, ele saiu pelas ruas de Barcelona à procura de um morador de rua. Ao localizar um morador de rua, ReSet perguntou se ele precisava de ajuda.

O homem acenou com a cabeça e pareceu muito agradecido quando recebeu vinte euros e um pacote de bolacha. Depois disso, ReSet ainda diz que talvez tenha ido longe demais, mas que, pelo menos, o morador de rua iria ficar com os dentes limpos.

O homem, chamado Gheorge, foi encontrado pela polícia e afirmou que o rapaz voltara depois de gravar o vídeo para oferecer 300 euros para que ele não contasse nada a ninguém.

Gheorge também afirmou que passou mal depois de comer as bolachas. O advogado do youtuber admitiu que ReSet entregou 300 euros à filha de Gheorge, mas alegou que o rapaz não tinha nenhuma intenção de causar algum mal, já que ele não deu nenhum tipo de veneno para o morador de rua.

ReSet está proibido de sair da Espanha, precisou pagar fiança de 2 mil euros e ainda pode ser condenado a dois anos de prisão.

O pug e a saudação nazista

A namorada de Mark Meechan é dona de um cachorro da raça pug e achou que seria interessante ensinar o cachorro a fazer a saudação que os nazistas faziam.

O cachorro começou a levantar a pata sempre que ouvia as exclamações “gas the Jews” (gás nos judeus – em tradução livre) e “Sieg Heil” (salve a vitória, em tradução livre – expressão que os nazistas usavam).

Mark foi condenado por crime de ódio e tem seis meses para pagar uma multa de 800 libras.

Ele afirmou que não pagará a multa, por não acreditar que algum crime tenha sido cometido.

Ele ainda afirmou que essa condenação representa uma censura à liberdade de expressão. Mark criou um fundo na internet para arrecadar dinheiro e poder recorrer da decisão.

Ele afirmou que precisa de 100 mil libras para poder financiar o novo julgamento. Em algumas horas ele conseguiu arrecadar 60 mil libras.

Tentando brincar de La Casa de Papel

 

Youtubers brasileiros acharam que seria uma boa ideia invadir um Cotel – Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna – usando fantasias que representavam a série ‘La Casa de Papel’.

Os youtubers Gerson Albuquerque,  Wesllay Meireles Lopes da Costa (o Matuto Motovlog) e Mateus Kleber Oliveira (Êta Bixiga) foram presos pelos crimes de invasão, por terem entrado no presídio com celulares, por falso alarme e corrupção de menores – pois havia um menor de 18 anos com eles, que foi liberado depois que os pais foram buscá-lo.

Os youtubers alegam que não queriam entrar no presídio e que isso é invenção da polícia. Segundo eles, o plano era apenas passar pela frente do presídio usando as roupas da série.

Os três só foram liberados depois que pagaram a fiança que era de R$ 5 mil para cada youtuber.