Padre Fábio de Melo faz desabafo sobre banco e movimenta Twitter


Muitas pessoas já passaram pela experiência de marcar empresas nas redes sociais para fazer uma reclamação. No entanto, se você é um influenciador digital, o resultado pode ganhar grandes proporções. E o foi exatamente que aconteceu após um desabafo de padre Fábio de Melo no Twitter.

Porém, se existe uma pessoa que sabe levar as desventuras da vida com bom humor, essa pessoa é o padre Fábio de Melo. Mesmo passando por percalços com seu banco, o padre criou a oportunidade perfeita para as marcas do segmento mostrarem todo seu humor nas redes. E, de quebra, venderem seus peixes.

Em um tweet postado na terça-feira (21) o padre publicou seu desabafo. E o resultado: o tweet ultrapassou as 20 mil curtidas e teve mais de 2 mil comentários.

A situação foi perfeita. E não apenas para o Bradesco demonstrar como contorna uma possível crise, mas também para seus concorrentes mostrarem como conquistam novos clientes.

O desabafo de Padre Fábio de Melo

Em um único tweet, o padre resumiu sua saga.

“Estou há um mês com um cartão de crédito do Bradesco bloqueado. Julgaram suspeito o estabelecimento da compra, uma loja de um shopping. Acabo de ser recomendado pela gerente a ter paciência. Conselho amoroso”, escreveu o padre.

Com a publicação, o padre conseguiu movimentar o Twitter e vários bancos apareceram para disputar um cliente em potencial.

Ocasião perfeita para bancos venderem seus serviços

Usando o bom humor, a irreverência e vários trocadilhos, os bancos mostraram como as marcas podem ser mais pessoais e descontraídas nas redes sociais. Mas eles não foram os únicos. Fintechs viram que a oportunidade era boa e aproveitaram a ocasião na tentativa de ganhar o padre.

Veja o resultado:

Engajamento de clientes fidelizados

Houve bancos e fintechs que entraram na “disputa” por indicação de clientes. E, após as respostas criativas, alguns inclusive receberam apoio de quem já era cliente.

E, para aproveitar a deixa, algumas das marcas criaram hashtags para convencer padre Fábio de Melo.

Independentemente do resultado, o desabafo bem humorado do padre movimentou o Twitter. E, além disso, deu às marcas a oportunidade de mostrarem toda sua criatividade na hora de disputar um cliente antenado às redes sociais.