Nati Vozza x Forbes: embate entre relevância e credibilidade


A semana começou com mais uma polêmica envolvendo Nati Vozza. Mas, desta vez, a declaração da influenciadora digital acabou envolvendo uma conceituada marca: a Revista Forbes.

Nati Vozza fez um story que colocou em xeque a credibilidade da revista. Não muito depois, a Forbes respondeu e o assunto ganhou repercussão nas redes sociais.

A seguir, entenda o que aconteceu e como se formou um embate entre relevância e credibilidade.

Nati Vozza acusa Forbes

A polêmica se formou quando a influenciadora respondeu a uma pergunta pelo Instagram. Na ocasião, ela havia aberto a caixinha de perguntas nos Stories.

A revista havia divulgado a lista ‘Under 30’, relacionando os 90 nomes com menos de 30 anos mais influentes do Brasil. E, por isso, uma seguidora questionou Nati Vozza sobre o motivo de ela nunca ter sido listada pela Forbes.

A resposta dada por Nati chamou a atenção dos internautas. No entanto, não demorou muito para que a influenciadora recebesse uma réplica da própria Forbes.

Credibilidade colocada em xeque

Ao ser questionada, Nati Vozza respondeu acusando a Forbes de vender espaço em suas publicações. Dessa forma, ela invalidou a seleção feita pela revista, colocando em dúvida a credibilidade da mesma para a escolha dos nomes.

“Gente, entendam. A revista não chega até a pessoa e fala: ‘Quer participar?’. Isso é tudo feito por assessoria e muitas vezes até contratando matéria. Não sejam ingênuos, por favor”, escreveu nos stories.

E foi justamente pelo fato da declaração da influenciadora dar a entender que os nomes não estavam ali por seus méritos, mas sim por negociações, que a Forbes Brasil respondeu, da seguinte forma:

“A Forbes repudia e lamenta que pessoas que deveriam usar sua popularidade no Instagram com responsabilidade prefiram dizer uma inverdade, de forma irresponsável, julgando o outro sob a ótica do que seria capaz de fazer. A lista Under 30 é reconhecida internacionalmente, conta com uma curadoria de especialistas e há anos homenageia nomes inspiradores de seus países. Credibilidade se conquista com trabalho e seriedade, não com fake news. Se um dia Nati Vozza se tornar relevante, a Forbes será a primeira a reconhecer o fato. Mas é inegável que ela já começa mal.”

Leia também: Nati Vozza faz comentário preconceituoso e internautas não perdoam

Fake news, irresponsabilidade e irrelevância

Após a própria revista ter abordado o assunto e apontado a inverdade divulgada por Nati Vozza, o foco mudou. Assim, a influenciadora passou a ser acusada de irresponsabilidade – por repassar fakes news -, além de ser questionada sobre sua relevância nas redes sociais.

Como o assunto foi ganhando repercussão, Nati Vozza fez uma tréplica para a Forbes. Ela disse que a resposta da revista tinha sido feia. A seguir, veja na íntegra:

Nos tempos atuais, em que as marcas ganham cada vez mais personalidade nas redes socais e estão cientes da importância de manter sua reputação, uma acusação como a feita por Nati Vozza não ficaria sem resposta. Ainda mais da Forbes, uma marca mundialmente forte e que, no Brasil, tem mais de 2,4 milhões de seguidores – mais que o dobro que Nati.

Além disso, há outro ponto que sempre ressaltamos: os influenciadores precisam ter responsabilidade sobre o que falam. E isso vale para nano, micros e macros.

Fonte