Micro influenciador, as marcas querem você!


Todo influenciador é famoso? Vale mais a pena ter milhões de seguidores ou milhares já são o suficiente? Saiba que as marcas estão em busca do micro influenciador.

Aqui no blog nós já fizemos posts para falar da importância dos micro influenciadores. Entretanto, nós sabemos que a tentação de se tornar um digital influencer gigante é muito expressiva.

Nossa ideia não é, de forma alguma, fazer com que você desista do seu sonho. Mas queremos mostrar que seus objetivos podem ser alcançados a passos curtos.

Ou seja, se você for um micro influenciador, pode investir em campanhas. Você já chegou no ponto desejado de muita gente. Se quiser crescer mais, tudo bem, mas não espere muito para batalhar pelo seu “lugar ao sol”.

Micro influenciador: quem é você?

Um micro influenciador é uma pessoa que já tem alguns milhares de seguidores. Acredito que eu não precise dizer que só é válido se esses seguidores não tiverem sido comprados.

É difícil falar de um número mínimo para que alguém seja considerado um micro influenciador. Afinal, depende muito da quantidade de interações que você consegue.

O chamado engajamento é fundamental para determinar a sua influência. Por isso, se você perceber que tem um número bom de seguidores – volto a dizer, alguns milhares – e que eles interagem bem com o seu conteúdo, vale a pena procurar marcas e agências que podem te oferecer campanhas.

A questão é que, teoricamente, se as pessoas gostam do seu conteúdo, elas aceitam ser impactadas por ele. Ou seja, é mais fácil você conseguir influenciar essa pessoa a adquirir um produto ou serviço.

Como se vender para uma marca ou agência?

A primeira coisa que você precisa fazer é montar o seu mídia kit. Deixe bem claro nele quantos seguidores você tem e qual o volume de interação média da sua página.

Além disso, não se esqueça de sempre revisitar esse material. Dessa forma, você vai garantir que ele se mantenha atualizado.

Depois disso você pode enviar o seu mídia kit para as marcas e agências. Existem muitos micro influenciadores no mercado, portanto, se você quiser se destacar, você precisa se apresentar.

Mas cuidado na hora de escrever esse email. Além de ser importante caprichar no português, é interessante que ele não seja muito longo. Afinal, quem abrir o email vai te conhecer por meio do mídia kit.

Mas será que as marcas realmente querem micro influenciadores?

De acordo com um relatório anual de marketing de influência feito pela agência Linqia, revelou que 78% das agências querem trabalhar com micro influenciadores.

Além disso, o estudo mostrou que há um interesse em aumentar o budge de campanhas de marketing de influência em 50%.

Ou seja, é um mercado que está em constante expansão e há espaço para novas pessoas. Por isso, mantenha o seu foco, mas pense primeiro em se tornar um micro influenciador.

Fonte