Pular para o conteúdo

Matheus, ex-motoboy que sofreu racismo, alcança 2 milhões de seguidores

Um vídeo que circulou nas redes sociais no começo de agosto reacendeu o debate acerca do racismo no Brasil. Nas imagens, Matheus Pires, então motoboy que trabalhava como entregador da Rappi, aparecia sendo verbalmente agredido e insultado por um homem branco.

O vídeo viralizou e muitas pessoas se solidarizaram com Matheus, que manteve uma postura pacífica, não cedendo às agressões. E o que essa solidariedade desencadeou na vida de Matheus é o assunto desse post.

Confira a seguir os desdobramentos desse caso. Mas antes, relembre o que aconteceu.

Discriminação e racismo

No dia (7), um vídeo envolvendo Matheus, então entregador da Rappi, e um homem branco, residente de um bairro nobre em Valinhos-SP, causou revolta em muitas pessoas.

E isso porque o homem aparecia xingando e humilhando Matheus, inclusive com falas racistas. O episódio foi filmado e não demorou para se espalhar pelas redes sociais.

No entanto, se o vídeo causou revolta, o que aconteceu antes não foi menos problemático. Afinal, o que motivou a gravação foi o fato de minutos antes o agressor ter começado a desrespeitar Matheus e, inclusive, ter cuspido no jovem.

Veja a seguir a íntegra do vídeo que circulou nas redes sociais:

O episódio gerou comoção nas redes sociais e Matheus foi convidado por programas de televisão, chegando a ir ao do Luciano Huck.

Além disso, muitas marcas se posicionaram em favor do jovem e se disponibilizaram a ajudá-lo. Dentre elas estavam a Rappi – que ofereceu assistência a Matheus – e até mesmo o iFood – que se pronunciou nas redes sociais.

Vakinha online convite de trabalho

Após tanta exposição, não apenas marcas se propuseram a ajudar, mas pessoas e iniciativas do mundo on-line também. Por exemplo, o projeto Razões Para Acreditar iniciou uma vaquinha pela internet para destinar o dinheiro a Matheus.

No entanto, eles superaram a meta arrecadando um valor superior a R$200 mil graças a mais de quatro mil doadores.

Além disso, Matheus foi contatado por alguns famosos, como Primo Rico e os cantores da banda Melim.

E finalizando com chave de ouro, Matheus chegou aos 2 milhões de seguidores no Instagram e começou a receber contatos para fazer trabalhos pelas redes sociais, como criador de conteúdo.

O agora influenciador digital Matheus Pires também foi convidado para integrar o time da Agência Avellar.

https://www.instagram.com/tv/CDyuQcogTPy/

E aí, você está acompanhando o Matheus nas redes sociais? Conte para a gente pelos comentários.

Fontes: 1, 2, 3

30 de janeiro de 2019

Stories no YouTube e a competição com o Instagram

Depois do Whatsapp e do Facebook, o YouTube é mais uma plataforma a aderir o stories. A funcionalidade surgiu no Snapchat e se popularizou de vez no Instagram. Mas será…

4 de setembro de 2019

Algoritmos: como eles impactam influenciadores digitais?

Muito se fala em algoritmos e nas consequências de suas mudanças. Porém nem sempre fica claro como eles impactam no trabalho dos influenciadores digitais. Neste, que é o terceiro post…

25 de maio de 2018

Como o Pipocando virou um canal de sucesso

Referência do nicho de cinema no YouTube brasileiro, o Pipocando passa dos 3 milhões de inscritos em seu canal. Com menos de 5 anos na plataforma, o canal apresentado por Rolandinho…

2 de julho de 2019

O Aprendiz: influenciador digital vence a competição

O Aprendiz A primeira edição de "O Aprendiz" com influenciadores digitais chegou ao fim. Na segunda feira (01/07), Roberto Justos anunciou que Gabriel Gasparini levaria o prêmio para casa. O…

Rua Teodoro Sampaio, 2767 Sala 22 - Pinheiros, São Paulo, Brasil - CEP: 05405-250
thais@influu.me | imprensa@influu.me
CNPJ:19.354.277/0001-40

© Copyright influu.me - 2021
Todos os direitos reservados