Marissa Fuchs – a influenciadora de noivado duvidoso


Marissa Fuchs

Marissa Fuchs é a responsável pelo Instagram @fashionambitionist. Há algumas semanas ela foi pedida em casamento e jura que seu noivo pagou por cada etapa do noivado. Além disso, ela jura que tudo foi uma surpresa. Entretanto, não é isso que está parecendo.

O que a mídia está especulando é que a influenciadora e o noivo enviaram todo o planejamento para as empresas. O objetivo? Garantir que tudo se tornasse “gratuito”.

Ou seja, ela teria enviado para as empresas uma espécie de ‘briefing’, com o intuito de mostrar como as empresas se beneficiariam com o patrocínio de todo o plano.

O noivado

A proposta de noivado foi dividida em algumas etapas. Tudo foi filmado e divulgado no Instagram da Marissa. Porém, ela sempre agiu como se não soubesse de nada.

A primeira parte foi um vídeo do noivo anunciando que o casamento deles não poderia ser como o de todo mundo. A partir daí já começa a chorar, até ser dirigida ao próximo ponto.

Ao todo, a proposta durou dois dias. O jornal Daily Mail chegou a escrever que essa seria a proposta “mais extravagante” já feita.

O noivo, Gabriel Grossman, preparou uma equipe para fazer o cabelo dela, comprou o vestido, reuniu os amigos.

Desde então, Marissa já ganhou mais de 20 mil seguidores.

Os custos do noivado

O primeiro lugar para o qual a influenciadora foi enviada foi um Spa, onde os preços variam entre 160 e 470 dólares.

Depois disso, foi o momento de fazer o cabelo e a maquiagem. Além de aparecer o nome do local, ela ainda fez questão de ressaltar que era um dos seus lugares favoritos. Lá, a maquiagem custa entre 50 e 75 dólares.

Uma entrega de vestido da Love Shack Fancy, onde os preços flutuam entre 195 e 795 dólares, foi feita. Entretanto, nenhum deles era o vestido da noiva. O vestido dela foi entregue posteriormente, feito por Ramy Brook, que cobra entre 265 e 645 dólares.

Marissa recebeu também uma mala de viagem com os dizeres “G loves M” gravados. O valor do presente deve estar em torno de 900 dólares.

No próximo passo, ela entra em um Uber, bebendo champanhe com as amigas. Uma delas revela que a viagem seria feita de helicóptero, porém, devido ao mal tempo, o uber as levaria em uma viagem de cerca de 300 dólares. Especula-se que isso tenha acontecido pelo fato de que a empresa de helicópteros, a Fly Blade não aceitou patrocinar a ação.

Depois ela foi levada a um quarto de hotel onde aconteceria também sua despedida de solteira. Nesse local os quartos custam entre 700 e 3050 dólares por noite.

Além disso, ela recebeu – em momentos diferentes – cinco jóias. Quatro eram colares e um pingente:

  • o primeiro de uma joalheira que vende joias de 950 a 14000 dólares;
  • o segundo tinha o valor de 3200 dólares;
  • o terceiro também custou 3200 dólares;
  • o quarto colar foi avaliado em 2900 dólares;
  • e o pingente, onde as palavras “to te moon” estavam gravadas, custou cerca de 3100 dólares.

Na manhã seguinte, Marissa recebeu um vestido do estilista brasileiro PatBO  – cujos preços variam entre 200 e 750 dólares. Ela foi levada ao aeroporto onde pegou um avião para Miami.

Foi ou não patrocinado?

De acordo com as investigações do “The Atlantic” e da “BBC”, as marcas realmente haviam recebido os detalhes da proposta.

O noivo de Marissa alegou que tudo foi feito pelas costas dela. Porém, é um pouco difícil acreditar que ele conhecia todas as marcas com as quais ela já trabalhou e ainda conseguiu fazer uma proposta que, segundo algumas empresas, é exatamente igual às da Marissa.

Além disso, é importante relatar que as empresas mantém um relacionamento com os influenciadores. Por isso, é estranho que elas aceitem participar de algo pelas costas da influencer.

Afinal de contas, o fato de que o namorado decidiu se casar não implica em Marissa querer aceitar.

Algumas marcas já se manifestaram a respeito do ocorrido. Elas confirmaram o recebimento da proposta, entretanto, a maioria delas afirmou que não aceitou participar.

Entretanto, já se sabe que eles receberam descontos em algumas das lojas de joias. Porém, muitas marcas ainda não se manifestaram.

Qual o problema com o noivado de Marissa?

Pode parecer bobeira gerar uma polêmica tendo isso como base. Entretanto, existem alguns problemas nessa situação. Um digital influencer é capaz de influenciar por causa da confiança que o público deposita nessa pessoa.

Mas é um pouco difícil confiar em quem mente para você. Portanto, o melhor que pode ser feito é sempre deixar claro quando seu post é uma publicidade.

Engajar os seguidores em um pedido de casamento surpresa que, na verdade, foi bem planejado em termos de marketing, não é a melhor das ideias.

Na Inglaterra, por exemplo, o excesso de influenciadores que enganaram o público ao não revelar que estavam fazendo publicidade tornou as coisas muito mais difíceis.

Restrições

Agora, as regras para publiposts são muito mais restritas. Por isso, os órgãos de defesa do consumidor prestam muita atenção nisso.

Além disso, também não é bom tentar conseguir patrocínio das marcas a qualquer custo. É importante lembrar que as empresas não tem tempo de sobra e não vão investir dinheiro em coisas que não forneçam retorno.

Portanto, para manter um bom relacionamento com as marcas, também é interessante não tentar fazer com que elas invistam em você por motivo excessivamente pessoais.

Fontes 1 e 2