Likee: rede social faz sucesso entre crianças e vira alvo de pedófilos


Cada vez mais popular entre o público infantil, a rede social Likee está sendo palco de pedófilos. Concorrente do TikTok, o Likee contabiliza mais de meio bilhão de downloads apenas na Google Play.

Neste post, entenda mais sobre esta rede social e as denúncias de pedófilos que estão agindo por lá. Além disso, saiba como contactar a equipe do app para denunciar ações impróprias.

Mas, o que é o Likee?

Lançada como LIKE em 2017, o app foi desenvolvido em Cingapura e recentemente mudou de nome. Seus desenvolvedores o definem como uma “plataforma global de criação de vídeos curtos, com efeitos especiais de ponta, gravação de vídeo e ferramentas de edição”.

Por essa descrição, não é difícil associá-la ao TikTok, que é bastante popular entre o público mais jovem.

O Likee, por sua vez, faz sucesso entre as crianças. E, essa presença de menores por lá tem feito com que a rede social seja chamada por especialistas em segurança virtual de “paraíso dos pedófilos.

Mas, quais são essas denúncias que estão vindo a público? A seguir falaremos sobre elas.

Pais e crianças denunciam pedófilos

O Likee disponibiliza diversos efeitos, adesivos e filtros e, além disso, a possibilidade de fazer lives. E, apesar de ter restrição para menores de 17 anos, o público infantil está presente nessa nova rede social.

Como o app informa, de maneira automática, a localização dos criadores de conteúdo nas postagens, as crianças que usam a rede social acabam expostas.

Justamente por isso, muitos pais já denunciaram perseguições que pedófilos fazem a seus filhos – seja de forma virtual, com xingamentos, e até de comentários que ameaçam a integridade física dos menores.

Além disso, o Likee não permite perfis privados e tem filtros que possibilitam a busca de usuários por sexo.

Na rede social, crianças denunciam comentários lascivos, além de receberem contato de adultos que enviam nudes pelo chat privado.

Relatos com casos têm ganhado a mídia, como as matérias do Uol e BBC, por exemplo, revelando a necessidade de se falar sobre o assunto e a melhor forma de proteger as crianças nas redes sociais.

Pronunciamento da rede social

Por meio de uma nota, o Likee deu abertura para que os usuários entrem em contato para denunciar conteúdos inapropriados.

“Encorajamos pais e responsáveis de usuários jovens a ter um papel ativo na educação sobre o uso de redes sociais e, em geral, da internet”, diz a nota.

Veja mais sobre as ações que o app tem tomado em relação ao tema no post abaixo:

View this post on Instagram

DIGA NÃO A CONTEÚDO IMPRÓPRIO❌ (07/08-13/08)

A post shared by Likee Brasil Oficial (@likee_official_brasil) on

Além disso, é possível contatar a rede social através do e-mail feedback@likee.video.