Lara Inácio – internautas pedem justiça


Lara Inácio

A hashtag Justiça por Lara Inácio está no Twitter desde ontem. Infelizmente, a influenciadora foi atacada pelo pai e, por isso, todos pedem que a justiça seja feita.

A jovem mora em Santa Catarina e, além de influenciadora, Lara Inácio é maquiadora. Entretanto, infelizmente o post de hoje não é sobre o trabalho que ela exerce. Mas sim, sobre homofobia.

Isso porque Lara Inácio foi brutalmente atacada em casa, pelo próprio pai que não aceita o fato de a filha ser homossexual.

Lara colocou um vídeo no Twitter logo depois de o ataque ter acontecido. Vamos colocar esse vídeo aqui, pois acreditamos que ele deva ser espalhado, mas você não precisa vê-lo se não estiver se sentindo emocionalmente bem.

A influenciadora fez uma denúncia contra o pai. Segundo informações, uma medida protetiva já foi deferida em favor de Lara Inácio.

A hashtag

A hashtag #JusticaporLaraInacio é, além de uma forma de pressionar para que a justiça seja feita, um modo de dar força para Lara, mesmo que à distância.

Além disso, é uma forma efetiva de mostrar para as pessoas que a homofobia existe sim. Como muitos brasileiros se recusam a acreditar nessa realidade, nós sempre precisamos dar visibilidade para esses casos.

Ela já recebeu apoio de muitos seguidores e, além disso, de pessoas famosas, como a atriz e influenciadora Maísa.

Infelizmente, alguns haters também aproveitaram para se manifestar, ou tentar justificar a atitude do pai de Lara Inácio.

Homofobia é crime!

Em 2019 o STF enquadrou a homofobia como tipo penal definido na Lei do Racismo. A pena para quem comete esse crime é de um a três anos, se o ato for considerado leve.

Entretanto, para ações que a lei considere mais graves, a pena pode chegar a até cinco anos de prisão.

Além disso, os condenados devem receber uma multa.

Fontes 1 e 2