Pular para o conteúdo

Investigação do Instagram: Europa acusa exposição de dados

A Europa começou uma nova investigação do Instagram. Aparentemente a plataforma voltou a compartilhar dados sem autorização. Mas dessa vez se tratam de dados de menores de idade.

A denúncia para a investigação foi feita em 2019. Ela também foi encaminhada para os Estados Unidos. Mas, por enquanto, somente a União Europeia está tratando o assunto com seriedade.

É preciso lembrar que a Europa está com muitas questões relacionadas a internet. O artigo 13 – que trata dos direitos autorais – ainda gera um grande debate no mundo.

Além disso, o continente foi o primeiro a regulamentar a profissão de youtuber infantil.

Por esse histórico é possível entender o motivo de ser a Europa que está liderando a investigação do Instagram.

Motivos da investigação do Instagram

A denúncia afirma que o Instagram divulgou dados de mais de 5 milhões de pessoas menores de idade. Isso teria acontecido por uma brecha de segurança da plataforma.

É proibido por lei o compartilhamento de dados de menores de idade sem a autorização dos pais. Por isso, o Facebook – dono do Instagram – não permite que os dados sejam compartilhados.

Entretanto, se esses menores de idade tem contas comerciais, a situação muda de figura.

Quando as crianças colocam suas contas como “comercial”, elas passam a poder compartilhar informações pessoais, inclusive telefone.

O que gera uma questão: o Insagram deveria permitir que crianças tenham conta comercial?

Se a plataforma for condenada a multa pode chegar a 4% do faturamento anual. Ou seja, algo em torno de 3 bilhões de dólares.

A defesa do Instagram

A plataforma se defendeu afirmando ser inocente de todas as acusações. Segundo os representantes, quando você faz a mudança para uma conta comercial, a plataforma pergunta se você está de acordo com o compartilhamento de dados.

Portanto, não é uma situação na qual os dados são compartilhados sem a autorização prévia.

Sempre deixamos claro que quando as pessoas optam por abrir uma conta comercial no Instagram, as informações de contato que elas compartilham seriam exibidas publicamente”, disse o Instagram, em comunicado. “Isso é muito diferente de expor as informações das pessoas”.

Fontes 1 e 2

27 de maio de 2019

influu.chat 03 – Assessoria de Imprensa

Olá, influus! Preparados para mais um influu.chat? No episódio dessa semana nossos mestres do conteúdo, Thaís Dias e Victor Russo, recebem Ludmilla. Ela é uma profissional da comunicação e conta…

2 de fevereiro de 2021

TikTok bloqueado na Itália depois de morte

O TikTok foi bloqueado na Itália. Essa punição é provisória, mas depende dos trabalhos que serão realizados pela plataforma. O que aconteceu? Redes sociais têm regras. Mas alguns usuários as…

17 de março de 2020

Coronavírus: o que as redes sociais estão fazendo para ajudar no combate à pandemia?

O novo coronavírus tem deixado pessoas de todo o mundo em alerta por conta do perigo que representa. Até esta terça-feira (17), as Secretarias estaduais de saúde contabilizam 311 casos…

25 de fevereiro de 2021

Vídeos em redes sociais: destaque no relatório do Snapchat

Vídeos em redes sociais Os usuários do Snapchat estão vendo cada vez mais vídeos. Isso é uma novidade, mas não exclusiva. Os vídeos em redes sociais estão tomando conta do…

Rua Teodoro Sampaio, 2767 Sala 22 - Pinheiros, São Paulo, Brasil - CEP: 05405-250
thais@influu.me | imprensa@influu.me
CNPJ:19.354.277/0001-40

© Copyright influu.me - 2021
Todos os direitos reservados