Pular para o conteúdo

Gameplay: Como gravar, editar e monetizar?

Muitos influenciadores que adoram jogos e desejam postar gameplay e vídeos relacionados surgem todos os dias. Por isso, queremos compartilhar dicas sobre gravações de vídeos e geração de receita (dinheiro), usando conteúdo de jogos.

Como gravar um gameplay?

Para começar, é preciso instalar um software que captura a imagem da tela do PC. O programa Fraps permite essa captura com a mesma qualidade de uma placa de captura, sem custo.

Escolha também um editor de vídeo como Sony Vegas, Adobe Premier ou Final Cut. Esses são opções pagas. Se preferir uma opção grátis, use o Windows Movie Maker.

Caso queira ser comentarista, adquira um headset com microfone de boa qualidade. Configure o Fraps da seguinte maneira: Para permitir comentários, marque a opção Record External Input e selecione o microfone. Abra o Fraps antes de abrir o jogo e confira se o contador de FPS está no canto da tela e aperta a tecla de gravação (padrão F9).

Para encerrar o gameplay, basta apertar novamente a tecla de gravação.

Edição

Como o Fraps captura em qualidade HD, a gravação final se torna um arquivo pesado. O vídeo é dividido em vídeos menores de até 4,32 GB. O editor de vídeo será necessário para juntar os arquivos.

Abrea a pasta dos vídeos (geralmente fica em C:FrapsMovies). Selecione e arraste até a Timeline do projeto. Dependendo das configurações, poder surgir duas colunas pretas nas laterais do vídeo.

Clique com o botão direito do mouse em cima de um dos arquivos de vídeo na Timeline, selecione a opção Properties e desmarque a opção Maintain Aspect Ratio. Para renderizar (salvar o projeto em formato de vídeo para postagem).

Para o YouTube, o melhor é o “MPEG-2”. No menu File, clique em Render As… e navegue pela opção MainConcept MPEG-2. Selecione a opção de Renderização HDV 720-30p”. Para finalizar, clique em “Render” e aguarde o processo.

Antes de postar na plataforma, certifique-se de que tem todos os direitos sobre o uso comercial para monetização. É possível gerar receita por meio de licenças dos editores de vídeo-game.

Dicas para monetização

  • Verifique o contrato de licença do editor do vídeo-games (Termos de Uso, EULA etc.). Alguns editores de jogos permitem que você use todo o conteúdo do jogo para uso comercial e declaram isso nos contratos de licença.
  • Consiga a permissão por escrito. Alguns editores permitem a monetização de vídeos quando ao entra em contato e pedir permissão.
  • Só é possível gerar receita com vídeos que mostram a interface do usuário de um software se você assina um contrato com o editor ou se paga uma taxa de licenciamento.
  • Caso você tenha a licença adequada, envie sua documentação para o YouTube em tempo hábil. Se você não tiver a licença adequada de um editor de video game, seus vídeos só poderão ter o mínimo de conteúdo de interface do usuário de um software ou video game. Além disso, esse conteúdo deverá ser o mais informativo e educacional possível, com comentários após cada ação exibida passo a passo.
  • Use os metadados de seu vídeo de forma sensata. Crie títulos, tags e descrições relevantes e precisos para seus vídeos.
  • Use uma linguagem apropriada para toda a família. Dessa forma, fãs de todas as idades poderão assistir.

Um último lembrete: comprar ou jogar um vídeo-game não concede a você os direitos autorais ou a permissão para gerar receita com o uso dele. Para ganhar receita a partir de vídeos de jogos, é preciso ter direitos comerciais. Criadores do YouTube TechTudo

10 de setembro de 2020

Danoninho recria ‘Mundo da Lua’ em campanha beneficente

Unindo tecnologia e nostalgia, a linha de produtos Danoninho acaba de lançar uma campanha que cria um episódio inédito da série "Mundo da Lua". Em parceria com o Exército da…

14 de maio de 2018

Saiba como funciona o Chroma Key

Nem sempre aquilo que vemos em um vídeo esteve presente no estúdio ou foi capturado pela câmera durante as gravações. Às vezes, cenários incríveis ou até mesmo uma multidão andando…

18 de fevereiro de 2019

Na crista da onda: Twitter desenvolve próprio stories

Estamos em 2019 e toda grande rede social possui seu próprio stories. Menos o Twitter. Pelo menos, até agora. Isso porque na última semana, a pesquisadora Jane Manchun Wong revelou…

3 de agosto de 2018

Crie quadros e séries no seu canal

Ter quadros e séries do canal é essencial para se tornar um youtuber relevante. Sobretudo o primeiro, é umas das coisas mais importantes para organizar o seu conteúdo e situar…

Rua Teodoro Sampaio, 2767 Sala 22 - Pinheiros, São Paulo, Brasil - CEP: 05405-250
thais@influu.me | imprensa@influu.me
CNPJ:19.354.277/0001-40

© Copyright influu.me - 2020
Todos os direitos reservados