Fundamentos importantes para falar com micro e macro influenciadores


Sabemos que para um bom resultado é preciso publicidade e um bom SEO. Mas, para destacar sua marca e convencer as pessoas é preciso confiança. Para fazer isso, uma opção é falar com micro e macro influenciadores para uma campanha de marketing de influência.

Em primeiro plano, a ideia parece estar distante de se realizar porque o trabalho com uma celebridade parece irreal ou caro. Mas, como já mostramos aqui, o marketing de influência é mais acessível do que você imagina.

Por isso, vamos mostrar fundamentos para realizar uma campanha de marketing de influência que vai trazer os resultados esperados.

Leia também: Marketing digital já supera as agências tradicionais de publicidade

Elabore uma estratégia

Antes de qualquer contato inicial com algum influenciador, crie uma estratégia.

Aprimore a mensagem da sua marca: deixe sua mensagem clara e concisa. Mostre quem e o que você é, e demonstre seu diferencial. Não funciona entrar em contato com o público sem saber o que falar antes.

Decida entre micro e macro influenciadores: antes de sair escolhendo, analise sua marca com atenção. Apesar do número de seguidores de um macro chamar mais atenção, talvez sua marca funcione com um nicho. Neste caso, o engajamento de um micro influenciador é muito maior.

Identifique influenciadores com potencial: números e fama fazem toda a diferença, mas certifique-se em escolher o influenciador certo. Só assim você alcança o lucro. Ao considerar alguns influenciadores, pense se sua marca funcionaria com ele e com seu público. Se seu cenário é o mais perfeito, tente estabelecer uma parceria. Para uma campanha ser bem sucedida, o público precisa como autêntica. A intenção é encontrar alguém que se sobreponha ao que sua marca é. Quanto melhor o ajuste entre o influenciador e a marca, mais autêntico será.

Decida uma possível oferta: vemos grandes campanhas sendo veiculadas nas mídias sociais. Até por exigir menos compromisso de tempo e energia do influenciador. Além de ser um ambiente no qual ele está mais acostumado aparecer. Mas, para escolher, você depende ou do que o influenciador quer em troca ou do seu orçamento.  

Opções de oferta

Ofertas pontuais: essas são campanhas nas quais o influenciador só vai precisar promover sua marca – ou produto – uma vez só. Caso sua marca esteja ainda no início, essa é uma boa opção. Até por ser mais econômica e não exigir compromisso de longo prazo.

Acordos não oficiais: sem contrato formal ou pagamentos, é um acordo arriscado, já que não há garantias que sua marca e produto serão promovidos. Nessa abordagem, a recomendação é não “contratar” um influenciador. A melhor é enviar gratuitamente seus produtos para uma variedade de micro e macro influenciadores. É bem provável que uma parte goste do seu produto e dedica utiliza-lo e mostra-lo ao público.

Parceria criativa: oferece benefícios tanto ao influenciador quanto à marca. No caso, o influenciador obtém uma porcentagem do lucro, enquanto a marca converte o público do influenciador em clientes. Esse acordo entrega melhores resultados com marcas que possuem produtos personalizáveis.

Como pagar micro e macro influenciadores?

Esta é uma das mais importante perguntas da campanha e que dão dor de cabeça à empresa. Mas, para um influenciador dizer “sim”, não necessariamente será só com dinheiro.

Licenciamento e direitos: uma campanha padrão é o influenciador postar sobre uma marca – ou produto – em suas redes sociais. Nesse caso, você pode pensar que tem direito sobre a postagem, mas não. Esse direito é do próprio influenciador. Nisso, caso eles fizerem uma postagem promovendo sua marca, será necessário pagar uma taxa de licenciamento para reutilizar esse conteúdo na sua conta. Caso você esteja negociando com um que cobra essa taxa, talvez seja possível realizar uma oferta que te dê propriedade da publicação. Ou uso ilimitado do conteúdo.

Por post: é o mais conhecido entre os acordos. Nessa abordagem, você paga uma quantia ao influenciador para um determinado número de publicações. O preço varia dependendo dos fatores, sendo o tamanho do público, o maior.

Produto grátis: como dito anteriormente, é possível distribuir para micro e macro influenciadores alguns de seus produtos. Isso, além de possivelmente ajudar sua marca, também recompensa o influenciador. E se alguma gostar e divulgar, você pode realizar um acordo no qual o pagamento seria produtos gratuitos ao invés de dinheiro. Essa abordagem exige um pouco mais de esforço, mas é uma boa opção de economia de custos.

Comissão: geralmente feito na forma de pagamento por venda, lead ou engajamento. Então, não há uma taxa fixa, só é pago se o trabalho do influenciador funcionar. Essa estrutura garante que você está pagando pelo resultado, mas a maioria dos influenciadores não gostam desse tipo de acordo.

Conectando-se com um macro-influenciador

Para realizar uma conversa adequada com um macro-influenciador, provavelmente terá que trabalhar com seus representantes.

  • Agentes: seu trabalho é encontrar trabalho para seus clientes. E negociar contratos.
  • Gerentes: seu trabalho é fornecer orientação de carreira, o que significa que eles podem fazer ou romper um possível acordo com um influenciador. Você precisará da ajuda deles em qualquer parceria em potencial.

Se não souber quem contatar, há bancos de dados com informações de contato dos agentes, gerentes e publicitários de alguns influenciadores. Uma maneira recomendável de entrar em contato com agentes e gerentes é por e-mail.

Apesar de diversas redes sociais, o e-mail ainda fornece uma privacidade maior, além de passar mais seriedade ao pedido. E no texto, seja o mais rápido e claro possível. Representantes não vão ficar muito tempo lendo e-mails longos. Então, responda de imediato todas as perguntas relevantes para o negócio:

  • Em quem você está interessado;
  • O que você quer que façam;
  • Onde o cliente vai promover.

Com agentes, seu ponto de venda deve ser simples. Mas com os gerentes, é mais complexo. É preciso mostrar a eles que há um bom equilíbrio entre sua marca e o cliente. Até porque, os gerentes estão focados em carreiras de longo prazo. Então, prepare-se para vender o motivo pelo qual essa parceria é uma boa mudança na carreira do influenciador. Mas, caso não te responderem, não desanime.

Não há problema encaminhar novamente. Só fique atento com o tempo. Mandar muito cedo pode assustar e mandar muito tarde pode perder o timing da campanha.

Conectando-se com um micro influenciador

Sem representantes, apresentam uma vantagem na comunicação inicial. Além de mais fácil, você conversa diretamente com o influenciador. Aliás, esse contato direto é um dos motivos pelo qual as marcas preferem trabalhar com micro-influenciadores. Por serem menos conhecidos, é preciso fazer um estudo mais complexo para procurar influenciadores relevantes.

Para procurar, você pode utilizar os mercados de influenciadores. Eles permitem que você procure-os com base em palavras-chave. O contato inicial deve ser parecido com o que seria falar com um gerente de macro-influenciador. Destaque a oportunidade, demonstre como uma parceria beneficia tanto sua marca quanto o influenciador.

Por ser um contato direto, não se limite ao e-mail. Mande mensagens diretas pelas redes sociais, até porque eles podem não receber tantas mensagens quanto os macro-influenciadores. Então, o contato tende a ser mais fácil e mais rápido.

Faça com um micro a mesma coisa que você faria com um macro. No caso, aqui você não precisaria citar o influenciador, por já estar falando diretamente com ele, mas não esqueça os outros pontos, que são fundamentais.

Crie um diferencial. Micro e macro influenciadores recebem isso todos os dias, então encontre algo que vai chamar atenção.

Leia também: Micro influenciadores: exemplos de cases que funcionaram

Execução 

Como você, os influenciadores também querem que a campanha funcione bem. Até porque uma campanha ruim também pode prejudica-lo. Para isso não ocorrer, existem dois passos.

O primeiro é você reter a taxa integral do influenciador até que o trabalho seja entregue e que atenda suas expectativas. Você pode pagá-lo com um depósito inicial (50%, talvez) e o resto é pago após a conclusão. Essa estrutura permite que o influenciador saiba que você pode pagar a conta.

O segundo é, se você usa o mercado de influenciadores, a maioria deles tem um sistema com o histórico da marcas. Então, antes de já fechar um contrato, certifique-se de que não ocorreu nada negativo com outros clientes. Caso possível, trabalhe com influenciadores ativos em um nicho específico no mercado. Assim, haverá mais chances de oferecerem o que prometeram.

E saiba que uma campanha com micro e macro influenciadores dificilmente vai transformar sua marca em algo familiar da noite para o dia. Ela não deve ser sua única estratégia de marketing. Mas, é uma ação fundamental quando se trata de criar um burburinho em torno da sua marca.

Leia também: Aprenda como melhorar suas campanhas de marketing de influência

FONTE