Pular para o conteúdo

Facebook lança o mecanismo Ad Breaks, a publicidade do Watch

Nesta quarta (13), o Facebook lança o mecanismo de publicidade para sua ferramenta Watch, lançada há seis meses. Nomeado Ad Breaks, o mecanismo vai colocar intervalos comerciais entre os vídeos da plataforma. A função é parecida com a publicidade do YouTube atualmente.

O Ad Breaks, então, permite que vídeos publicados pelos usuários possam ser remunerados com os anúncios direcionados pelo Facebook. As publicidades, no caso, poderão ser exibidas tanto antes e durante como também abaixo do conteúdo, tendo entre seis e 15 segundos de duração.

De acordo com a empresa, a divisão da receita será de 55/45. Sendo, no caso, 55% para o usuário e 45% para a plataforma. No entanto, há regras para seu vídeo conseguir ser monetizado.

Para conseguir ter os conteúdos remunerados, a página ter mais de dez mil seguidores e os vídeos precisam ter mais de 30 mil visualizações dentro de dois meses.

Cada vídeo precisa ter mais de três minutos de duração e estar de acordo com as normas de qualificação. Por sua vez, o conteúdo não precisa ser exclusivo. Nesse caso, é possível publicar no Watch os mesmos vídeos publicados no YouTube.

Leia também: LOL: conheça a plataforma de memes e vídeos do Facebook

O Ad Breaks já foi lançado em alguns países, e continua sendo lançado aos poucos. O Facebook, como forma de divulgação da plataforma, está reunindo criadores em eventos, como o Creators Day.

“Nós testamos os Ad Breaks nos últimos meses no Brasil, com algumas páginas selecionadas (…) Vemos o Brasil como um dos maiores e mais dinâmicos mercados de vídeo no mundo”, explica Kate Orseth, diretora de Monetização de Mídia da rede social.

Benefícios do Ad Breaks

O principal objetivo do Facebook com a novidade é conseguir impulsionar mais conteúdos do Facebook Watch. Com a criação desse mecanismo, é mais um passo da empresa na sua competição com o YouTube.

Apesar da plataforma de 2005 ainda concentrar mais usuários e mais conteúdo. Atualmente, o Facebook Watch concentra 75 milhões de espectadores ativos todos os dias, com tempo médio de 20 minutos de exibição. Dessa maneira, o Facebook procura dar formas de monetização os produtores de conteúdo. O que poderia ajudar no surgimento de novos.

No entanto, a empresa não espera que isso aumente o número de publicações no Brasil. Para Orseth, caso isso aconteça, será uma consequência da iniciativa de oferecer uma forma de recompensa aos criadores.

A vantagem aos criadores é que essa publicidade não precisa ser 100% escolha do Facebook. No caso, criadores conseguem decidir os anunciantes ou as categorias de anúncios que queiram mostrar em seus vídeos.

Além de ser possível também enviar o conteúdo antecipadamente para ser analisado. Com isso, é possível começar a arrecadar lucro logo depois da publicação. Assim, as páginas interessadas em anunciar no Ad Breaks podem encontrar a opção na plataforma de publicidade do Facebook, chamada Ads Manager.

Leia também: O Facebook morreu?

FONTES 1 2

30 de janeiro de 2019

Stories no YouTube e a competição com o Instagram

Depois do Whatsapp e do Facebook, o YouTube é mais uma plataforma a aderir o stories. A funcionalidade surgiu no Snapchat e se popularizou de vez no Instagram. Mas será…

4 de setembro de 2020

Youtuber Moon Bok-Hee é acusada de enganar seguidores

A youtuber sul-coreana Moon Bok-Hee foi exposta na web. E isso porque seus seguidores a acusam de mentir para eles. Neste post, entenda mais sobre o conteúdo oferecido pela influenciadora…

28 de dezembro de 2017

Como vencer a concorrência no YouTube?

Vencer a concorrência no YouTube? Como em qualquer mundo de negócios, o Youtube exala concorrência. Independente do tema do seu canal, vão ter vários outros youtubers que já falam sobre…

14 de novembro de 2018

Saiba como melhorar seu engajamento no YouTube

Criar um canal e postar vídeos constantemente é algo fácil. O desafiador e o que realmente faz ele crescer é o engajamento. Como já falamos várias vezes sobre engajamento, agora…

Rua Teodoro Sampaio, 2767 Sala 22 - Pinheiros, São Paulo, Brasil - CEP: 05405-250
thais@influu.me | imprensa@influu.me
CNPJ:19.354.277/0001-40

© Copyright influu.me - 2021
Todos os direitos reservados