Estudo revela views e cliques de robôs em anúncios do Facebook


Se você faz ou pensa em fazer anúncios no Facebook, provavelmente não vai gostar nada dessa notícia. E isso porque um estudo americano mostrou que robôs são responsáveis por parte significativa dos views e cliques em anúncios feitos no Facebook.

Por isso, a seguir entenda o motivo disso estar acontecendo e como as fraudes no conteúdo impulsionado foram descobertas.

Leia também: Interface do Facebook: seria o fim

Robôs por trás dos anúncios no Facebook

De acordo com o levantamento da Method Media Intelligence (MMI), uma consultoria americana de web analytics, os anunciantes do Facebook têm perdido cerca de 20% do orçamento com interações de robôs.

Os famosos bots seriam os responsáveis não apenas por visualizar 1/5 do conteúdo impulsionado, como também por ações de cliques, downloads etc.

Isso tem acontecido mesmo com tecnologias feitas com a finalidade de coibir práticas dessa origem na plataforma.

E justamente por isso o resultado desse estudo tem preocupado os anunciantes, que apostam no impulsionamento e em anúncios online para divulgar serviços e produtos.

Mas, por que isso tem acontecido? E mais: como essa situação não está sob controle, já que há tecnologias que podem detectar prática de bots?

Leia também: Aprenda a dar like automaticamente no YouTube

Cada vez mais sofisticados

Ainda de acordo com o estudo, o motivo para robôs estarem interagindo com anúncios do Facebook é simples: a sofisticação da tecnologia que simula atividades humanas.

Ou seja, mesmo com regras de verificação, esses robôs ainda conseguem simular ações requisitadas nesse tipo de publicidade. Afinal, eles sabem como simular a ação de visualizar e até mesmo preencher formulários.

Porém, há outro detalhe que facilita a ação de bots. E essa é inteiramente de responsabilidade do Facebook.

Segundo o levantamento da MMI, o Facebook tem a tecnologia capaz de barrar esse tipo de fraude. Entretanto, a rede social a utiliza apenas em etapas de registro de contas. Por isso, desde os views até a interação com anúncios estão vulneráveis a esse tipo de fraude.

No entanto, vale ressaltar que o Facebook lucra com esse tipo de ação, já que cobra dos anunciantes por views e cliques.

Leia também: Novo recurso mostrará stories do Instagram no Facebook

Cenário

Se este cenário já é preocupante, o que acontece com os anúncios do Google também serve de alerta. E isso porque por lá sequer é possível distinguir ações humanas da de robôs.

“O que o Google está fazendo não é nem mesmo tentar medir se um navegador ou dispositivo usado para clicar em um anúncio é um bot ou não – explica Sachin Dhar, do MMI.

De acordo com o diretor de pesquisa e estratégia da MMI, o Google não coleta os parâmetros necessários para fornecer aos anunciantes essa informação.

Fonte