10 Erros comuns de youtubers iniciantes


O YouTube é a plataforma com o maior poder de engajamento. Como a concorrência entre os canais cresce cada vez mais, a   influu quer te ajudar a entrar nessa disputa. Listamos abaixo os erros comuns que  influenciadores iniciantes cometem, para que você aprimore suas gravações e postagens.

1- Não fazer contato visual

Para se conectar de verdade com o público, você deve passar a sensação de que está olhando nos olhos do telespectador.

Ao gravar vídeos, certifique-se de olhar para a lente da câmera e não para sua própria imagem na tela.

Quando você não olha para o lugar certo, passa a sensação de que está falando com a parede ou para “a testa” de quem o assiste. Para isso, controle a vontade de ficar checando como você está na imagem.

2- Títulos inadequados

No começo, a vontade de ser reconhecido, estampar seu nome (ou do seu canal) em todos os lugares  ou até de fazer títulos chamativos demais, é grande.

Mas é errado titular os vídeos com qualquer outro nome que não seja sobre o assunto de que se trata. Portanto, seja direto no títulos e conquiste seguidores apenas pelo conteúdo que você oferece.

3 – Frequência baixa

Não é necessário postar vídeos diariamente no YouTube, mas longos períodos sem alimentação de conteúdo podem matar seu canal. A plataforma tem o algorítimo de frequência, ou seja, dá preferência aos canais que postam sempre ao seus vídeos nas buscas. Melhore seu ranking dentro site com a postagens semanais.

4 – Introdução fraca

Os primeiros dez segundos do seu vídeo são os mais importantes! Se a sua vinheta (vídeo curto de abertura) é demorada ou se o começo do vídeo tem uma overdose de informação, o público vai perder o interesse rapidamente.

Comece o vídeo instigando o espectador a continuar assistindo seu conteúdo e coloque a vinheta após esse pequena introdução. Deixe o público curioso!

5- Ambiente e som

O ambiente físico poluído (bagunça e desorganização) tira a atenção de você e do que você está falando ou fazendo. A poluição sonora também atrapalha.

Certifique-se de gravar em locais silenciosos. Se carros, latidos de cachorros ou outros barulhos externos aparecerem, regrave tudo.

Lembre-se: O som é tão importante quanto a imagem.

6- Esteja animado (ou pelo menos pareça estar)

Desânimo é antipatia, e antipáticos não ganham seguidores no YouTube! É mais difícil manter-se animado quando se está gravando sozinho, então se esforce para estar disposto e bem acordado em frente às câmeras.

7- Não escolher um nicho

Canais sem especialização e com temas de vídeos muito diferentes entre si retém menos público. Ao se inscrever, o seguidor espera acompanhar, futuramente, mais vídeos sobre a mesma temática. Sem foco, você não cria um público fiel. Pior, não cria público nenhum.

8- Iluminação

Não é preciso gastar rios de dinheiro com equipamento de iluminação profissional.

Apenas se certifique de filmar de frente para uma janela (jamais de costas, pois o efeito da contra-luz fica péssimo no vídeo) e evite ambientes muito escuros. Se for possível comprar algum iluminador, será um bom investimento.

A iluminação interfere diretamente da qualidade de imagem do vídeo.

9- Enquadramento e cenário

Cuidado para não deixar um grande “teto” (espaço entre sua cabeça e o fim da tela) no vídeo. O teto ideal tem apenas 3 a 4 dedos de espaçamento. fonte: Videohero

O enquadramento varia e você pode aproximar a câmera na altura do seu peito, mas tente respeitar a regra acima. Também preste atenção se seus braços não estão cortados na imagem. Outro fator é o cenário.

Ele deve ser bem pensado e representar o seu tema ou ser básico. Por exemplo: se você aborda o mundo do cinema, pode decorar o cenário com quadro de filmes.

10- Seja paciente

Você não fará sucesso no YouTube da noite para o dia. Estima-se que youtubers começam a ter sucesso depois de 18 meses de dedicação ao canal. Não foque em números, mas no conteúdo e no público (por mais pequeno que seja) que te segue.