Ellora causa polêmica ao falar sobre transfobia e vai para os TTs


A youtuber Ellora Haonne está entre o assuntos mais comentados do Twitter nesta quarta-feira (18). Isso aconteceu após ela usar as redes sociais para falar sobre transfobia.

O posicionamento da youtuber foi considerado inadequado por grande parte dos internautas e, por isso, desencadeou muitos comentários nas redes sociais. Devido à grande repercussão, o nome da youtuber foi parar nos primeiros lugares dos TTs.

Ellora fala de transfobia pelos Stories

Ellora é uma youtuber assumidamente bissexual com um nome consolidado entre os influenciadores digitais. Ela usa suas redes sociais para falar sobre temas relacionados ao corpo, autoestima, sexualidade e afins. No YouTube, Ellora tem 1,39 milhões de inscritos e no Instagram, 695 mil seguidores.

A polêmica envolvendo o nome da youtuber estourou no Twitter, mas teve origem no Instagram. E isso porque Ellora fez uma sequência de Stories falando sobre transfobia.

Veja a compilação dos Stories onde Ellora fala sobre o assunto:

Internautas apontam erros

Alguns internautas apontaram como um erro da influenciadora a comparação entre transfobia e racismo. E isso porque, segundo os comentários, a comparação não foi feliz.

Outros abordaram a questão de Ellora não estar em seu lugar de fala. Em linhas gerais, isso acontece quando a pessoa não se enquadra no debate que está sendo feito porque não vive aquela realidade.

Veja alguns dos tuítes que falaram sobre esses pontos:

Fala sem filtros pelos Stories

Apesar das polêmicas, alguns seguidores saíram em defesa da youtuber dizendo que ela se expressou mal. Outros disseram que entenderam a mensagem que ela quis passar.

No entanto, isso pode ter acontecido por conta da plataforma utilizada por Ellora. Afinal, os Stories são usados para enviar conteúdo para muitas pessoas em tempo real. Além disso, os recursos são mais limitados quando comparados a outras plataformas que permitem mais tempo para edição, revisão etc.

O conteúdo também é propagado mais rápido, justamente porque, por serem mais curtos, as pessoas podem filtrar quais Stories querem ver.

Por isso, o mais indicado seria a influenciadora usar o próprio canal no YouTube, o IGTV ou um vídeo no feed para ampliar o debate e mostrar seu ponto de vista. Assim, seria possível revisar o conteúdo e saber se a mensagem principal foi transmitida com clareza.