5 passos para crescer no YouTube em 2019


Dezembro de 2018 já chegou, e o que isso significa? Não só que o ano está acabando, mas que também é preciso dar os primeiro passos para o ano que vem. Pensando nisso, vamos dar dicas de como já se preparar para crescer no YouTube em 2019.

Atualmente, o YouTube já conta com mais 1,9 bilhão de usuários ativos por mês. Isso faz dele um dos sites mais visitados, perdendo apenas para o Google.

Já não é mais possível olhar para o YouTube apenas como um lugar para assistir clipes musicais, gameplays ou acompanhar o seu influenciador favorito. A plataforma mostrou um potencial de mina de ouro inexplorado para pequenas empresas e criadores de conteúdo.

Não importa a sua profissão ou tema, manter uma presença ativa no site pode ajudar a ganhar público. E isso vai muito da presença do Google como “empresa-mãe” do YouTube. Ou seja, um vídeo bem estruturado no YouTube pode te colocar no topo do Google. E isso pode ser fundamental para crescer no Youtube em 2019.

Além da necessidade de uma boa classificação no SEO, a plataforma oferece um recurso para hospedar o conteúdo de vídeo como portfólio digital.

Se você está começando seu planejamento de 2019, foque no YouTube. A plataforma é a nova televisão a cabo. E, para isso, siga essas cinco dicas sobre como crescer no YouTube em 2019.

Tenha um propósito para crescer no YouTube

Crescer no YouTube é bem mais difícil e lento que em outras redes sociais. Contudo, é preciso ter um objetivo claro para o motivo pelo qual você seja criar conteúdo na plataforma.

Leia também: Por que demora para crescer no YouTube?

Por isso, não faça algo que apenas funciona. Procure seu propósito, faça vídeos que tenham um objetivo aparente. Só assim o público vai acreditar no seu conteúdo e continuar acompanhando seu trabalho no YouTube.

Otimize seu conteúdo

Pense na plataforma como uma videoteca que atende ao mecanismo de pesquisa do Google. Nesse caso, para crescer no YouTube, você deve pesquisar o que mais existe no site do mesmo gênero e categoria.

O processo de criação de vídeos envolve criação de títulos. Por isso, crie uma lista deles e depois pesquise tanto no Google quanto no próprio YouTube para ver quais títulos estão sendo usados para o seu tema. E também analise aqueles que estão no topo para entender o que foi feito.

Mas não faça apenas isso. Sua descrição também deve conter palavras-chave e importantes frases que vão ajudar o seu vídeo ficar no topo. Afinal, quanto mais vezes você combinar as frases da descrição com palavras-chave, maior a chance do seu vídeo ser encontrado.

Leia também: Saiba como melhorar seu engajamento no YouTube

Insira tags em seus vídeos

Parecido com a descrição, garantir que suas palavras-chave funcionem como tags pode melhorar a capacidade de descoberta. E para isso existem duas ferramentas para ajudar: o TubeBuddy e o VidIQ.

As duas ferramentas oferecem recomendações sobre quais tags usar nos vídeos. Além de te informar como seus vídeos são classificados nos resultados da pesquisa.

Tutoriais

Por mais que pareça um gênero caído no YouTube, ter algo para ensinar é importante na plataforma. Até porque, o tempo das pessoas está cada vez mais escasso. E por isso o público, além de procurar algo gratificante para assistir, sente a necessidade de aprender algo. E, claro, não ter o seu precioso tempo gasto a toa.

Leia também: Maioria dos usuários do YouTube usam o site para aprender

Terceirização

Não jogue todos os pesos na suas costas. Por mais que no começo haja uma dificuldade crescer no YouTube e arranjar um grupo para ajudar, é possível que você tenha que se virar sozinho com muita coisa. Roteiro, gravação, edição, publicação.

Leia também: É possível fazer bons vídeos sem edição?

Então, caso você tenha a oportunidade, terceirize aquilo que você não tem tanta habilidade para fazer. Isso faz com que você economize tempo e possa focar mais no desenvolvimento do seu trabalho. Caso você já administre um pequeno negócio, mas precisa de conteúdo, procure contratar alguém que possa te auxiliar. Assim, você também pode usar esse tempo para criar conteúdos diferenciados para outras redes sociais, como Instagram e Facebook, por exemplo. Seguindo essa fórmula, é possível que você já tenha centenas de vídeos prontos. E isso pode ajudar a crescer no YouTube em 2019.

FONTE