O que é um dark post?


O Facebook, além de memes e textões de parentes, também possui os dark posts. Pelo nome, parece ser algo macabro ou uma publicação secreta da deep web. Porém, é mais simples do que isso. Até porque eles funcionam como uma estratégia de marketing que pode trazer bons resultados em ações de rede social

Se você nunca ouviu falar do termo, saiba que ele vai mudar a maneira como você faz seus anúncios no Facebook. E antes de entender o que ele é e como funciona, é importante informar que é necessário utilizar o Gerenciador de Negócios da rede. Então, configura lá e venha entender o que um dark post é e como eles funcionam. 

Leia também: Facebook lança o mecanismo Ad Breaks, a publicidade do Watch

Dark post 

O termo dark post se deve a uma publicação que não aparece na linha do tempo de uma página do Facebook. Mas não porque ela foi criada com alguma restrição ou ocultada, ela realmente não está lá. Ou seja, são publicações específicas entregues para usuários específicos. Nesse caso, se você entrar na mesma fanpage, pode ser que você não a veja. 

Por isso recebem esse nome, que traduzido, significa “sombrio” ou “obscuro”. Elas funcionam como postagens fantasmas, já que não estão publicadas na página corporativa. 

Posts patrocinados nas redes sociais são segmentados. Então, o anunciante pode direcionar o anúncio apenas para pessoas que se encaixam em um determinado perfil. Essa definição é baseada em dados demográficos, geográficos ou comportamentais. A publicação direcionada para o público definido é visualizada como se fosse um anúncio normal, também com o termo Patrocinado abaixo do nome da página. 

É possível deixar um dark post público na página. Porém, a partir disso, ele perde o sentido inicial.

Vantagens do dark post

Ao realizar uma publicação na timeline, existe a possibilidade da publicação alcançar uma grande parte dos seus seguidores. Inclusive, também algumas pessoas que não curtiram a página. Porém, acontece que, ao patrocinar esse tipo de post, corre o risco de alcançar pessoas que não querem ver. 

Por isso, utilizar o dark post ajuda a melhorar essa distribuição. Isso porque ele é exclusivo para determinados usuários. Então, por exemplo, imagine que você trabalha na página de uma universidade. Ao invés de criar uma publicação para todos os seguidores, é melhor segmentar pelos interesses de cada curso. 

É provável que você queira testar o mesmo anúncio com diferentes audiências, até para saber qual delas performa melhor. Através do Gerenciador de Anúncios é possível reproduzir do zero o mesmo anúncio para cada uma dessas audiências. E ainda usando a mesma imagem, texto, título e descrição. 

Após algum tempo de veiculação desses anúncios, todo o engajamento recebido, ficará distribuído entre eles. 

Entretanto, ao criar um dark post, todo o engajamento que esses anúncios receberão, ficará concentrado em uma só publicação. Reunindo todo o engajamento em uma só, há mais chances de ativação do gatilho da prova social. As audiências passam a reagir à mesma publicação, enquanto dá para acompanhar as métricas individuais de cada anúncio. 

FONTES: 1 2