Como se vender nas redes sociais? 7 dicas incríveis


Todo influenciador digital precisa saber como se vender nas redes sociais. O seu conteúdo é o seu produto e, portanto, deve ser bem trabalhado. E não é apenas uma questão ter um conteúdo visualmente bonito. Estratégias de marketing também são bem importantes.

Conhecido como marketing pessoal ou personal branding essa prática se torna cada vez mais necessária. E isso é uma realidade para todas as profissões. Mas influenciadores digitais tem uma necessidade ainda maior, especialmente em suas redes sociais.

Portanto, nesse post nós vamos ver algumas estratégias para que você saiba como se vender nas redes sociais de forma bem efetiva.

Como se vender nas redes sociais?

Acho melhor nós começarmos por uma explicação melhor a respeito do que é marketing pessoal. Para começar, uma afirmação facilmente perceptível, porém verdadeira, marketing pessoal é a forma como você se vende.

Ou seja, é quando você cria uma imagem pessoal forte e, a partir dela, consegue as mesmas coisas que outros tipos de marca. Por exemplo:

  • Destaque;
  • Mais negócios;
  • Vendas;

Com a internet se tornou muito mais fácil e mais necessário fazer esse marketing pessoal. Mas como ele pode ser feito?

1 – Quais são os seus objetivos?

Essa é a base da estratégia de marketing. Você está trabalhando no seu marketing pessoal para atingir quais objetivos e em quanto tempo? Mas não pense em coisas abstratas como campanhas, por exemplo.

É muito mais interessante pensar em números. Algo como: eu quero dobrar o número de seguidores em 2 meses.

2 – Entenda quem é você

Responda a perguntas como:

  • Quem é você?
  • Quais coisas você gosta e considera importantes?
  • Quais os seus diferenciais?
  • E os seus pontos fortes? E os fracos?
  • Quais pessoas você admira?

Tudo isso pode te ajudar a criar a persona que você vai ser nas redes. Afinal de contas, por mais que você tenha que manter a sinceridade, isso não significa que tudo será você.

Não se esqueça que você não mostrará TODA a sua vida nas redes.

3 – Quais redes serão usadas?

Existem muitas redes sociais atualmente, mas é importante definir quais são mais interessantes para você. Afinal de contas, já que você já fez uma análise pessoal e conhece os próprios pontos fortes e fracos, você pode dizer quais redes serão melhor para você.

Pense assim: nem todo mundo consegue gravar vídeos interessantes e de qualidade. E está tudo bem. Mas se você não é bom com vídeos, não adianta querer ser um youtuber.

Além disso, o YouTube, por exemplo, envolve além do tempo de gravação, o tempo de edição do vídeo. Você tem tempo para isso ou lidaria melhor com o Instagram?

Quantas redes sociais você consegue alimentar sem perder a qualidade?

Tudo isso precisa ser bem pensado antes que você comece a se aventurar.

4 – Estude a linguagem das redes escolhidas

Depois que você definiu as suas redes sociais é muito importante estudar a linguagem de cada uma delas. Por mais que você já saiba como usá-las.

Observe casos de sucesso do Instagram, do Twitter, do Linkedin ou do YouTube e veja o que as pessoas que se destacam tem em comum. Mas não tente copiar ninguém, você só precisa entender como as coisas funcionam.

5 – Entenda o seu público alvo

Para quem você está querendo fazer a venda da sua imagem? Quem é o público que você pretende atrair. É muito importante ter compreensão desse fato.

Isso permitirá que você não saia criando conteúdo sem nenhum direcionamento e, consequentemente, dará mais qualidade para tudo o que você produzir.

6 – Cuide do seu design

Páginas bem cuidadas e com um design interessante chamam muito mais atenção do que as outras. Lembre-se de que você quer se destacar.

Portanto, tenham uma paleta de cores definida, pense no que fica bom para a sua imagem. Não se esqueça nunca de que isso é parte da criação do seu marketing pessoal, por isso, o design tem que estar de acordo com a sua proposta de conteúdo.

7 – Tenha foco e não abandone o seu conteúdo

Mantenha o foco em tudo o que você construiu e não desista se o caminho ficar difícil. As coisas não vão ser fáceis, mas você é capaz.

Portanto, tenha paciência e não comece a criar conteúdos diferenciados para atingir outros públicos. Mudar tudo pode fazer com que você caia em uma armadilha perigosa.

Fontes 1, 2 e 3