fbpx
Pular para o conteúdo

Como fazer um curso do seu canal do YouTube?

Como fazer um curso é algo que você já pode ter pensado. A ideia de que o YouTube deixa produtores de conteúdo da plataforma ricos já foi desmistificada há muito tempo. O AdSense paga muito pouco por visualização. Por isso, os youtubers buscam alternativas de monetização.

O Marketing de Influência é a principal opção e mais rentável. Mas além dele, loja com produtos do canal e inscritos que se tornam padrinhos da conta são bem recorrentes.

Mais uma possibilidade é ter cursos onlines do seu canal. Porém são necessários alguns cuidados para esse caminho dar certo.

Enquanto isso, antes de seguir a leitura, temos uma dica para turbinar os resultados no Youtube e bombar as suas views. Veja abaixo o que preparamos para você:

Como fazer um curso de sucesso?

Para um curso fazer sucesso, ele tem que fazer sentido. Duas coisas são fundamentais. Um conteúdo que pode ser ampliado para além do canal e um público interessado em comprar esse conteúdo adicional.

Tenha em mente que cursos do canal devem ser extensões dele. Algo relacionado ao que você já fala normalmente no seu canal com maior aprofundamento.

Não adianta você ter um canal de games e querer dar um curso de culinária. É simples, você não é reconhecido por isso e o seu público não está interessado em vê-lo dando aula de como cozinhar.

Mas eles talvez comprariam uma extensão de como desenvolver habilidades específicas em determinados games.

Antes de pensar se os seus inscritos comprariam ou não um curso, veja se o conteúdo do seu canal pode ser aprofundado no modelo de aulas que ensinem as pessoas a fazer àquilo.

Se o seu canal é de reacts, trollagens e banheira de Nutella ninguém comprará um curso pelo simples fato de que essas não são coisas que pessoas precisam aprender e muito menos pagariam para isso.

Já conteúdos como cinema, games, maquiagem, moda, tutoriais, entre outros, podem ser conteúdos ampliados quase que como uma faculdade com mais interatividade e sem avaliação.

Tenha a certeza de que o seu público é engajado e dedicado ao seu conteúdo a ponto de comprar mais dele. E faça todo um planejamento que consiga suportar todas as pessoas que comprarem aquele conteúdo adicional.

Talvez seja necessária a ajuda de pessoas ou empresas para desenvolver esse extra.

 

Teve alguma dúvida na leitura? Então, deixe nos comentários abaixo e aproveite para compartilhar este artigo nas suas redes sociais.
Preparamos um e-book gratuito para você otimizar o seu YouTube. Clique abaixo e faça o download.

Facebook Comments Box
19 de agosto de 2019

Direitos Autorais no YouTube – conheça as novas regras

As diretrizes de direitos autorais no YouTube vão mudar. Mas só para casos em que os direitos são violados de forma acidental. Geralmente, isso só acontece em vlogs, mas todos…

31 de julho de 2019

Fotos de Insta: influenciadora mostra que nem tudo é perfeito

As fotos de Insta O Instagram está cheio de fotos. Inclusive, cada vez mais pessoas procuram formas mais criativas para suas fotos de Insta. Porém, isso não significa que as…

30 de julho de 2019

Repostar conteúdo é algo que vale a pena?

Se você é um influenciador digital, você já pode ter pensado em repostar conteúdo. Com isso eu quero dizer que você já quis postar o mesmo conteúdo, na mesma plataforma.…

7 de agosto de 2018

Instagram Direct: saiba como pode ser fundamental nas suas negociações

Apesar de passar um pouco despercebido, o Instagram Direct é a maior oportunidade de desenvolver negócios nesta década. Segura e privada, essa ferramenta pode ser fundamental para suas negociações. E por…

Assine nossa newsletter e receba novidades!