Com influenciadores, paredão do BBB20 bate recorde de 1,5 bilhão de votos


O Big Brother Brasil tem superado seus recordes de audiência nesta vigésima edição, que conta com a presença de influenciadores. No entanto, a popularidade não se restringe aos telespectadores. Afinal, as pessoas estão engajadas. E a prova disso se deu na última terça-feira (31), quando um paredão do BBB registro mais de 1,5 bilhão de votos.

O que contribuiu para esse recorde? Neste post, descubra o que está por trás desse marco na história do reality show.

Leia também: “Em Casa”: a figurinha do Instagram para quem está de quarentena

Uma junção de fatores?

As pessoas estão citando a quarentena ocasionada pelo novo coronavírus como o fator decisivo para o recorde. No entanto, a quantidade de votos não pode ser resumida a isso.

Afinal, apesar da quarentena oficial ter começado na semana do dia 23 de março, muitas empresas começaram a implementar o home office ou teletrabalho na semana anterior – do dia 13 de março.

Assim, muitas pessoas já estavam em casa, porém isso não refletiu nas votações do BBB20.

De qualquer forma, o fator quarentena não deve ser desconsiderado de todo. Até porque, após mais tempo em isolamento social, as pessoas tendem a buscar novas formas de entretenimento para passar o tempo.

Por isso, o que faremos aqui é chamar atenção para um outro fator que explica melhor esse boom de votos do último paredão.

O poder do marketing de influência

Dois dos emparedados eram pessoas que atualmente colecionam muitos fãs ativos nas redes sociais: Manu Gavassi e Felipe Prior.

Ela, reconhecida por uma carreira musical desde a adolescência e hoje se destacando em várias áreas – inclusive, como influenciadora digital.

Ele, um anônimo que, ao longo de dez semanas, ganhou um fã clube que se dizia cativado pela irreverência do brother na casa.

Quando o paredão foi confirmado no domingo (29), a ex-panicat Mari Gonzalez também estava nele, mas a situação se polarizou nas redes sociais com as hashtags #ForaManu e #ForaPrior.

Manu Gavassi, que é amiga pessoal de Bruna Marquezine, logo foi defendida pela atriz e outras celebridades.

No entanto, Prior não ficou para trás, pois, além do fã clube, ganhou apoio de atletas do futebol, como Neymar e Gabigol. Este último chegou a prometer que sortearia uma camiseta autografada, caso Manu fosse eliminada.

Por isso, logo as redes sociais presenciaram uma verdadeira guerra de influência: afinal, qual dos teams levaria a melhor e manteria seu escolhido no jogo?

Paredão histórico do BBB

O décimo paredão do BBB já mostrava que seria grande logo após Tiago Leifert anunciar o nome dos brothers que poderiam ser eliminados.

E isso porque o apresentador do reality show mencionou que o número de votos já era expressivo para poucos minutos. As pessoas realmente se engajaram desde o começo.

Na segunda-feira (30), a votação superou o recorde do programa até então: meio milhão de votos. Mas não parou por aí. Na terça-feira, chegou a 1 bilhão e, pouco antes de ser encerrada, ultrapassou 1,5 bilhão de votos.

Prior foi o décimo eliminado, com 56,73% dos votos, e Manu ficou em segundo, com 42,51%. Já Mari Gonzalez recebeu menos de 1% dos votos.

Fonte