CCXP18 bate recorde de público em sua quinta edição


A CCXP18 deste ano terminou no último domingo (09). E manteve o título de maior festival de cultura pop do mundo. O evento recebeu um total de 262 mil pessoas, sendo 50% de São Paulo. Enquanto a outra metade está distribuída pelos outros 26 estados brasileiros.

Outro dado chamativo da CCXP18 foi o da presença feminina. No total, 45% do público foi de mulheres. Sendo que, até os 25 anos de idade, as mulheres foram superiores ao homens. E de todo esse público da CCXP18, a média de gastos foi de R$300 em produtos exclusivos. Além de itens de colecionadores.

E não é para menos. Afinal, na questão de conteúdo, a quinta edição do evento conseguiu superar as edições passadas, trazendo 42 delegações de Hollywood. E com participações internacionais. Sandra Bullock, Jake Gyllenhaal, Ellen Page, Brie Larson, Zachary Levi e Tom Holland foram alguns dos que estavam presentes.

“Não foi por acaso que nos tornamos o centro das atenções do mundo quando estamos falando em lançamentos de cultura pop. Todos os estúdios estão aqui nos prestigiando. E trazendo seus conteúdos ainda não vistos por outros países”, conta Pierre Mantovani, CEO da Omelete Company.

Ao todo, foram 103 marcas produzindo ativações especiais. Além de 530 quadrinistas presentes na área do Artist’s Alley e 120 criadores de conteúdo e celebridades da TV no Creators Stage. Esta edição também chegou a gerar dez mil empregos, tanto diretos quanto indiretos. Dentro de todos esses números, a estimativa é de um faturamento de R$50 milhões.

CCXP18 para o mundo todo

O evento não só gerou empregos pela cidade, como também se mostrou importante para a economia local. “O impacto econômico que causamos é estimado em R$100 milhões. Para o próximo ano, já estamos trabalhando para ampliarmos ainda mais as entregas, tanto para o público quanto para nossos parceiros”, explica Mantovani.

Nos quatro dias de CCXP (excluindo a Spoiler Night), foram um total de 41 horas de programação ininterrupta. Foram produzidas mais de 100 horas de live para o canal do YouTube Omeleteve. Com um alcance de 100 milhões de pessoas.

Segundo Roberto Fabri, CCO da Omelete Company, esse número da CCXP18 foi atingido graças a utilização da mesma tecnologia de eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. “Uma unidade móvel ficou dedicada ao Omelete para garantir toda a qualidade que precisávamos. Assim, conseguimos levar conteúdo produzido no Brasil para nada menos que 55 países”, conta.

Despedida

Para se manter na característica de épico, o evento foi concluído com verdadeiros espetáculos. O Auditório Cinemark XD, responsável por apresentar as principais novidades do mundo da cultura pop, despediu-se dos fãs com novidades.

O domingo logo iniciou com um espetáculo da Warner, que trouxe os atores Michael B. Jordan e Florian Munteanu e a atriz Tessa Thompson, de Creed II. Além de falarem do filme, o evento também contou com a pré-estreia do longa.

Em seguida, Zachary Levi subiu ao palco para falar do filme Shazam! “[O filme] é sobre a criança interior, um menino que se descobre um super-herói. É um filme muito divertido, com um protagonista bastante espirituoso”.

E não parou por aí. A Netflix também não decepcionou os fãs e exibiu em primeira mão o filme Bird Box, adaptação do livro de John Malerman. Além de trazer ao palco Sandra Bullock e o elenco mirim da terceira temporada de Stranger Things.

O último dia também contou com o vencedor do prêmio de melhor Cosplayer do Brasil. O título ficou com Júlio César Shirou, com o cosplay do Link, da série de jogos The Legend Of Zelda. A Game Arena foi palco da final do Torneio Universitário de eSports do game CS: GO.

A despedida da CCXP18 também não pode deixar de homenagear o quadrinista Stan Lee, que faleceu no dia 12 de novembro. Ele foi homenageado pelos quadrinistas Marcio Takara, Mike Deodato, RB Silva e Adriano Di Benedetto. A edição do ano que vem foi confirmada para acontecer entre os dias 5 e 8 de dezembro.

FONTE