Caso PC Siqueira – canal do YouTube é excluído


PC Siqueira é um dos primeiros youtubers do Brasil. Mas depois do caso PC Siqueira, seu canal do YouTube foi excluído. Nós podemos explicar o que aconteceu.

O canal de PC foi criado em 2010. Ou seja, em uma época na qual poucas apostaram no sucesso da plataforma. Entretanto, quem tenta acessar o canal “Maspoxavida” – que tinha mais de 2 milhões de inscritos – não consegue.

Além do canal, o influenciador também decidiu colocar o seu perfil no Instagram como privado.

Essa decisão pegou os fãs de surpresa, já que não foi anunciada por PC. No dia 11 o influenciador havia utilizado o Instagram para agradecer pelo apoio dos fãs.

Além disso, ele aproveitou para se defender, afirmando que as acusações são todas falsas e que estão prejudicando não só a ela, mas sua família também.

No texto ele disse que o que aconteceu foi uma “articulação criminosa” e que ele está sendo acusado de “algo terrível, que jamais cometi ou cometeria”.

O caso PC Siqueira

O influenciador PC Siqueira foi acusado de pedofilia por um perfil do Twitter. A página divulgou uma série de conversas nas quais o influenciador teria dito ter traços de pedófilo e nas quais ele teria compartilhado imagens de crianças nuas.

Você pode saber mais sobre esse assunto nesse post.

É importante lembrar que nada foi provado até o momento. Por isso, é importante ter cuidado.

A polícia civil está investigando o caso. Em nota, eles informaram que “a 4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), apura a denúncia feita por meio das redes sociais contra a pessoa citada”.

Por enquanto não há nenhuma evidência de pedofilia. Se o influenciador for condenado por causa das mensagens o crime seria de pornografia infantil.

Na última terça feira (16/06) o influenciador foi até a delegacia para prestar depoimento sobre o caso.

Fontes 1 e 2