Auxílio do governo: mais uma polêmica com influenciadores


Auxílio do governo

Mais uma vez influenciadores digitais se envolveram em polêmica. Dessa vez o caso envolveu o auxílio do governo que, como todos sabem, é fundamental para algumas famílias.

O auxílio emergencial do governo foi anunciado no começo da Covid-19. Ele serve para ajudar as pessoas a ficarem em casa. A ideia é que quem não tem como trabalhar de casa, continue recebendo alguma receita.

Por isso, não deveria ser preciso dizer que o auxílio do governo é só para pessoas que realmente estão com dificuldades financeiras. Afinal, os restaurantes e comércios não podem funcionar e, portanto, os colaboradores precisam de ajuda.

Como nós já dissemos em um post , influenciadores podem receber o auxílio, mas eles precisam preencher uma série de requisitos. Portanto, já deixo claro que a polêmica não é causada pelos influencers terem pedido o auxílio, mas sim, pelo fato de que eles não precisam.

Os dois influenciadores envolvidos no caso foram:

  • Luis Guilherme Barros, de São José dos Campos;
  • Abner Pinheiro, de Salvador.

Vamos ver o caso de cada um e o que eles disseram.

Auxílio para Luis

Como muitas pessoas, Luis perdeu uma série de trabalhos desde que a quarentena começou. Por isso, ele foi em busca do auxílio do governo.

O problema é que os seguidores descobriram que ele possui um Macbook. Ou seja, um computador que vale, pelo menos, R$ 10.200.

Ele afirma que não sabia que não podia receber o auxílio. Ele afirma que se inscreveu para ver se era possível e aproveitou para ajudar os seguidores, gravando um tutorial.

Além disso, como quem decide quem recebe ou não é o governo, ele afirmou que não imaginou estar tirando nada de ninguém. Se ele não merecesse, não seria aceito.

Mas não foi isso que aconteceu. O influenciador afirma que foi aprovado, mas não pegou o benefício.

Em entrevista ao UOL, o influenciador disse:

” Não entendi o que tinha feito de errado. Eu vivo numa bolha e estou aprendendo de uma forma ruim o que é ser massacrado pelos outros. Fui alvo de várias pessoas. É uma questão de ser moral ou não. O dinheiro não é infinito. Existem pessoas que precisam mais. Não tem nada a ver eu ter solicitado, podia ter passado a informação de outra maneira”.

Auxílio para Abner Pinheiro

Já o influenciador Abner Pinheiro afirmou em seus stories que receberia o auxílio. Segundo ele, esse dinheiro seria convertido em cestas básicas, entretanto, será que isso é certo?

Sejamos sinceros, não é correto. Por mais que o influenciador queira ajudar ao próximo com cestas básicas, há muita gente que realmente precisa desse dinheiro.

As pessoas estão fazendo filas na porta da Caixa todo dia para poder receber o auxílio. Portanto, é importante que ninguém atrapalhe um processo que já está complicado.

Mais uma vez, deixamos claro que é importante ter responsabilidade com o conteúdo produzido.