Como aproveitar a mudança dos anúncios do YouTube?


Sabe aqueles anúncios do YouTube que aparecem antes dos vídeos? Sabemos também que podemos pulá-los direto para o conteúdo depois de cinco segundos, certo? Bem, agora isso não poderá mais ser feito em muitos vídeos.

E isso porque no final de agosto, o YouTube expandiu a opção de anúncios que não podem ser pulados. A revelação foi anunciada através de uma canal destinado aos criadores.

A ideia para a nova ação é contribuir para o aumento do retorno financeiro, já que anunciantes pagam mais por mais tempo de exibição.

E essa ação, mesmo tendo início agora, poderá ser ativada até para vídeos antigos dos canais. Cada criador também vai poder utilizar uma ferramenta que altera o tipo de comercial mostrado nos vídeos já cadastrados. Mas, apesar de não podermos mais pular os anúncios do YouTube, eles não poderão atingir 20 segundos de duração.

Sabendo lidar com os anúncios do YouTube

Em maio deste ano, o Snapchat tomou a mesma atitude em sua plataforma. Por toda a queda que o aplicativo sofreu nos últimos tempos, o objetivo era tornar ele mais atraente às empresas, já que, no formato anterior, os usuários assistiam aos comerciais por dois segundos.

Tanto como usuários como produtores, compreendemos as dificuldades que as plataformas apresentam. Há tempos que a monetização do YouTube vem atrapalhando a produção de conteúdos de diversos canais.

Mas a estratégia traz uma discussão provocativa aos produtores. Ser monetizado pelo seu conteúdo é algo fundamental ao criador, mas também é preciso pensar na sua audiência.

Apesar da ferramenta de anúncios no YouTube que não podem ser pulados, ser limitado e uma opção aos produtores, ainda é preciso criar uma estratégia de publicação para manter a monetização, sem perder seus inscritos.

Leia também: YouTube x TV: quem vai ganhar essa disputa?

Como utilizá-lo de forma justa

Um dos fatores fundamentais para não perder inscritos é focar em um conteúdo de qualidade. É compreensível que produzir vídeos ao YouTube não é fácil, mas sempre tem aquele conteúdo que dedicamos ao máximo. Esse é o tipo de conteúdo que você pode utilizar essa opção do anúncio.

Produza um vídeo que você, além de aproveitar um hype, sabe que vai chamar a atenção do seu público, especificamente. Estude o analytics para saber o que o seu público curte do seu conteúdo, mas também o que eles estão afim de saber de você. Aproveite essa produção para já elaborar uma estratégia e criar expectativas.

Como citado no texto sobre estilos de anúncios no Instagram, gerar expectativa em cima de quem acompanha o seu trabalho é uma ótima maneira de manter a fidelidade do seu público.

Em suas redes sociais, mostre os bastidores desse vídeo, mas sem revelar muito do conteúdo. Revele pequenas coisas que vão fazer seus inscritos quererem assistir ao vídeo a qualquer custo.

Construindo essa audiência garantida para aquele conteúdo específico, você poderá aproveitar a opção do anúncio do YouTube sem preocupação. Afinal, mesmo com o tempo de anúncio, o público se manterá fiel para não perder um conteúdo tão aguardado. E você é monetizado justamente por um trabalho bem feito.

Leia também: Google AdSense: Como funciona no YouTube?

Fontes 1 e 2