Pular para o conteúdo

Acessibilidade nas redes sociais: como fazer?

Cada vez mais se fala em acessibilidade. Mas será que as suas redes sociais também estão preparadas para isso? Hoje nós vamos falar sobre acessibilidade nas redes sociais.

O que é acessibilidade?

Acessibilidade são medidas que visam a inclusão de toda a sociedade em um ambiente. Para que um espaço possa ser considerado acessível a todos, ele precisa estar preparado para receber as pessoas, independente de qualquer deficiência que elas possam ter.

Portanto, um ambiente acessível pode ser utilizado por surdos ou cegos, por exemplo. Mas o que você possa fazer para permitir que cegos leiam seus textos ou surdos consumam seus vídeos?

Saiba neste texto.

Como fazer acessibilidade nas redes sociais?

Use Alt Description

O Alt Description – ou alt text – é o espaço para a descrição de imagens. Ele é fundamental para o SEO, por isso é muito conhecido em blogs, mas outras redes sociais também o contém. Afinal, esse recurso não serve apenas que você seja mais facilmente localizado no Google.

Essa descrição visual da imagem faz com que as pessoas com deficiência visual consigam identificar o que está acontecendo na imagem. Afinal é preciso lembrar que existem ferramentas para descrever o conteúdo de uma página.

Essas ferramentas conseguem ler o alt description, mas isso só é possível se você escrevê-lo.

Em blogs

Qual é a palavra chave do seu texto? É por meio dela que as pessoas vão encontrar seu texto no Google, certo? Então também é por meio delas que será possível localizar suas imagens.

O alt text é a descrição dos elementos visuais do texto. Ou seja, é a escrita que descreve quais são os elementos contidos na imagem.

Entretanto, para garantir que seu conteúdo tenha um alcance melhor, também é importante que a sua palavra chave esteja inserida nessa descrição.

Isso ajudará as pessoas que utilizam recursos para a leitura de tela, pois estes podem ler o conteúdo das imagens.

No Instagram

Assim como no caso dos blogs, há a opção de descrever as imagens colocadas no Instagram. Se você utilizá-la, você permitirá que elas sejam identificáveis pelos leitores usados por deficientes visuais.

A ideia é sempre tentar descrever as imagens ao máximo. Mas nunca se esqueça de utilizar uma palavra chave na sua descrição. Sobre o que é a sua foto?

Aliás, se as cores da sua foto forem importantes, também é interessante acrescentá-las à descrição.

Mas como você pode colocar a descrição em imagens do Insta?

Quando você faz um post há uma opção de “configurações avançadas”. Neste local é possível acrescentar a descrição!

No Twitter

Quando você adiciona uma foto no Twitter, também deve acrescentar a descrição. Abaixo da imagem selecionada há a opção “adicionar descrição”.

Assim como nos outros casos você deverá planejar bem o que escreverá. No Twitter, ela está descrita da seguinte forma:

“Boas descrições são concisas, mas apresentam o que está em suas fotos com precisão suficiente para entender seu contexto”.

#pracegover

A campanha #pracegover foi lançada em 2012. Ela busca mostrar e discutir a questão da acessibilidade nas redes sociais. Quando a hashtag foi criada a maioria das redes sociais ainda não tinha opções de descrição. A ideia do “pra cego ver” é justamente você criar uma descrição do seu post.

Ou seja, você usa esse recurso para escrever exatamente o que deve estar na sua meta descrição. A ideia é seguir utilizando essa hashtag. Afinal, essa é uma forma de manter o debate acesso. Além disso, é um modo de lembrar que é necessário adaptar os posts nas redes sociais.

Escreva a meta descrição no YouTube

Quando você se prepara para postar um vídeo no YouTube, aparece a opção da meta descrição. Neste ambiente é fundamental que você descreva sobre o que o seu vídeo vai falar. Coloque tudo aquilo que é relevante. Por exemplo, se você vai tratar de cores, é importante que isso seja descrito.

Ou seja, é fundamental que você escreva – mesmo sem spoilers – quais são os pontos importantes do vídeo. Dessa forma as pessoas vão saber do assunto. Isso é fundamental para deficientes visuais e, além disso, para surdos.

Vídeo descrição no TikTok

O TikTok também possui oportunidades para meta description. Aliás, é muito importante utilizá-las. Afinal, nessa rede social boa parte dos vídeos não possui nenhum diálogo. Por isso, escreva sobre o que o seu vídeo trata. Quais são as palavras chave da sua criação?

É importante dizer que a descrição é mais eficiente quando está na legenda do vídeo. Muita gente faz nos comentários, mas é mais difícil reconhecê-la.

Coloque legenda em vídeos

Pessoas com deficiência auditiva tem dificuldades com vídeos. Afinal, nós não temos intérpretes em libras para vídeos na internet. Além disso, as legendas automáticas nem sempre são de qualidade. Por isso, é importante fazer as suas próprias legendas.

Escreva exatamente o que você está falando. Dessa forma, você permitirá que mais pessoas consumam o seu conteúdo.

Não é tão difícil assim ser inclusivo nas redes sociais. Por quê não começar a investir nisso hoje?

Fontes 1, 2, 3, 4, 5

11 de maio de 2020

Isabela Freitas – polêmica no Dia das Mães

Isabela Freitas Se você tem Twitter, você deve ter visto que a influenciadora Isabela Freitas está nos TT´s. Ela se envolveu em uma polêmica no dia das mães e, por…

31 de julho de 2020

Crise de ansiedade faz influenciador perder a memória

Crise de ansiedade Biel Vaz é um youtuber de 30 anos. Ele produz com a esposa - Tuy Potasso - conteúdos para o público maior de 18 e falam sobre…

16 de abril de 2021

Cloroquina e ivermectina – conteúdos serão excluídos do YouTube

Cloroquina e ivermectina são dois remédios que fazem parte do chamado kit Covid. Teoricamente, seriam remédios que poderiam prevenir a doença. Entretanto, nenhum estudo conseguiu comprovar sua eficácia. Por isso,…

26 de maio de 2020

5 Dicas incríveis para influencers não se “queimarem” na quarentena

Dicas incríveis para influencers Nós vimos no decorrer dessa quarentena muitos influenciadores se envolvendo em problemas. Por isso, nós resolvemos separar algumas dicas incríveis para influencers não se queimarem com…

Rua Teodoro Sampaio, 2767 Sala 22 - Pinheiros, São Paulo, Brasil - CEP: 05405-250
thais@influu.me | imprensa@influu.me
CNPJ:19.354.277/0001-40

© Copyright influu.me - 2021
Todos os direitos reservados